Zidane volta ao Real Madrid nove meses depois de sair

Zinedine Zidane, em uma coletiva de imprensa com o Real Madrid, no ano passado. GONZALO ARROYO MORENO (GETTY IMAGES)

Pot Tiago Torres do El País Brasil*

Zinedine Zidane está de volta ao banco do Real Madrid depois de 283 dias de sua saída do clube merengue. O treinador anunciou inesperadamente sua decisão de deixar o Real Madrid em 31 de maio de 2018, após dois anos e meio no cargo, nove títulos e três Champions. “É o momento e o melhor para todos”, disse ele na época, em uma decisão que deixou “gelados” todos os setores da equipe madrilenha.

Zidane retorna em meio a uma grave crise esportiva, desencadeada depois de a equipe perder em apenas uma semana os três títulos em disputa. O francês será o terceiro treinador nesta temporada. Em meados do ano passado chegou Julen Lopetegui, uma contratação polêmica. O basco foi demitido da seleção nacional quando se anunciou seu acordo com o Real Madrid. O ex-treinador permaneceu no banco até 29 de outubro, depois de uma goleada no Camp Nou (5-1), resultado que o deixou sete pontos atrás do líder. Em seu lugar veio Santiago Solari, até então técnico do Castilla. O argentino durou um turno inteiro da Liga. Em seu período, a equipe endireitou o rumo após o Natal, estimulada pela chegada de Vinicius Junior.

Facebook: Comente Aqui