Yom Kipur, o Dia da Expiação, é celebrado em todo o mundo

O Yom Kippur é uma das celebrações mais importantes do calendário judaico, a partir do pôr do sol desta terça-feira (18), mais um ‘dia do perdão’ começa para todos os judeus espalhados ao redor do mundo. Além de orações e súplicas, um jejum total de água e comida marca festa em que os judeus clamam pelo perdão divino. Os judeus em especial, também se privam de sapatos de couro, banho, cuidados com o corpo e relações conjugais durante este período.

Na Bíblia, está escrito que Yavé falou mais a Moisés que no dia dez desse sétimo mês, deve ocorrer o Dia da Expiação. Deve-se realizar um santo congresso; e os crente no Eterno devem afligir suas almas e apresentar-se a Jeová. Neste dia, não se deve fazer nenhum tipo de trabalho nesse dia específico, porque é um dia de expiação, para se fazer expiação pelos pecados do povo perante Yavé, o verdadeiro Deus.  Deus ordena que este dia deve ser um dia de descanso completo descanso de um por do sol ao outro.

Diferente do calendário civil mundial (católico gregoriano), pelo calendário da Bíblia os dias começam ao por do sol e na equivalência dos calendários, o décimo dia do sétimo mês bíblico equivale ao período do por do sol desta terça-feira, 18, ao por do sol da quarta-feira, 19.

 

 

Facebook: Comente Aqui