EXPEDIENTE
Dignidade

Vereadora Camila Jara e deputado Pedro Kemp defendem a distribuição gratuita de absorventes femininos

Fonte: Por Assessoria de Comunicação do Deputado Pedro Kemp

Dignidade Menstrual é tema de debate na Câmara de Campo Grande

Ao lado da vereadora Camila Jara (PT), o deputado estadual Pedro Kemp (PT-MS) participa na Câmara de Vereadores de Campo Grande da Roda de Conversa PL Dignidade Menstrual, proposta pela parlamentar e que reune nomes importantes da luta pelo direito das mulheres nesta manhã (9).

Participam a defensora pública e coordenadora do NUDEM (Núcleo Institucional de Promoção e Defesa dos Direitos da Mulher), Thais Dominato, a diretora de Enfrentamento à Violência, Melania Araújo, a subsecretaria de políticas públicas para as mulheres, Carla Stephanini, a representante da CUFA (Central Única das Favelas), Tatiana Samper, a coordenadora do CETREMI (Centro de Triagem e Encaminhamento do Migrante e População de Rua), Gyani da Conceição Costa, advogada especialista em direito penal e processo penal, Letícia Viana, o psicólogo, homem trans, coordenador regional do PDT Diversidade no Centro-Oeste e secretário Estadual do IBRAT-MS (Instituto Brasileiro de Transmasculinidade do Mato Grosso do Sul), João Vilela e a representante Girl Up, Julia Peron.

 “Muitas mulheres estão condenadas nesta situação hoje, fazendo uma analogia, por conta das condições de pobreza, da situação financeira. Uma menina que não pode ir à escola por falta de absorvente higiênico. Esse é um problema que precisa ser debatido. Enquanto a gente não enfrentar, reduzir essa pobreza escandalosa que acaba impedindo que as pessoas tenham acesso aos seus direitos, aos bens que garantam a sua dignidade, a gente precisa debater esses temas no Legislativo e também exigir políticas públicas que garantam os direitos”, disse Kemp.

O parlamentar apresentou o Projeto de Lei na Assembleia Legislativa e ele fez uma emenda à uma lei já existente, que obriga o Estado a disponibilizar preservativo feminino na rede pública de Saúde. “Acrescentamos uma emenda para que seja acrescentado o absorvente feminino. Mas, já percebi que vamos ter dificuldades, já teve resistência na CCJR”.

Pedro Kemp salientou o papel importante da vereadora Camila Jara, como única mulher no parlamento municipal, de defender o Projeto de Lei Dignidade Menstrual.

“Temos que ter estratégias para facilitar o acesso das mulheres. Fico feliz pela vereadora Camila Jara ter encampado esse debate, feito essa iniciativa legislativa aqui na Câmara e não poderia ser outra pessoa, a não ser a única representante das mulheres nessa Casa. Estamos com você e apoiamos essa luta! Vamos continuar fazendo na Assembleia esse debate e tenho certeza de que vamos conseguir muitos aliados porque é uma questão muito importante para as mulheres”.
COMPARTILHE AGORA MESMO!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no skype
COMENTE AGORA MESMO!