EXPEDIENTE
Briga contra o rebaixamento

Sport empata contra o Ceará e coloca São Paulo na zona de rebaixamento

Fonte: Gazeta esportiva

Sport e Ceará se encontraram na Ilha do Retiro neste domingo e fizeram jogo equilibrado, mas que terminou em empate por 0 a 0.

 

O resultado, aliado à goleada sofrida pelo São Paulo, tira o Sport da zona do rebaixamento do Campeonato Brasileiro e coloca o time paulista.

 

Agora, a equipe de Recife soma onze pontos e ocupa a 16ª colocação. O Ceará vai a 19 pontos e está em sétimo lugar.

 

As duas equipes voltam a campo pela competição nacional no próximo domingo. Às 18h15min (de Brasília), o Sport encara o Bahia em Pituaçu.

 

Já o Ceará retorna ao Castelão e faz clássico conta o Fortaleza, às 20h30min.

 

O jogo – Mesmo fora de casa, quem pressionou mais e chegou com mais perigo no primeiro tempo foi o Ceará. Logo no começo da partida, Lima ameaçou o gol de Maílson em duas ocasiões, mas faltou pontaria para finalizar com sucesso.

 

Além dele, Rick foi o outro nome do Ceará que jogou bem e sempre esteve envolvido nas melhor chances do primeiro tempo.

 

Só aos 32 minutos que o Sport conseguiu assustar os visitantes, com Mikael.

 

A partida perdeu em qualidade de criação no segundo tempo e as duas equipes pareciam satisfeitas com o empate.

 

Do lado do Sport, Paulinho Moccelin entrou durante o jogo e buscou mais o ataque, mas sem efetividade.

 

Já o Ceará esfriou a produção de lances perigosos e também não conseguiu ameaçar o gol dos donos da casa.

 

Os times aumentaram a marcação e o jogo passou a parar mais com as faltas.

FICHA TÉCNICA
SPORT 0 X 0 CEARÁ

Local: Ilha do Retiro, no Recife (PE)
Data: 25 de julho de 2021 (domingo)
Horário: 20h30 (de Brasília)
Árbitro: Vinícius Gonçalves Dias Araujo (SP)
Assistentes: Anderson José de Moraes Coelho (SP) e Luiz Alberto Andrini Nogueira (SP)
VAR: Pericles Bassols Pegado Cortez (SP)

Cartão Amarelo: Pedro Naressi (Ceará); Gustavo Oliveira, Marcão Silva, Thiago Lopes, Paulinho Moccelin (Sport)

SPORT: Maílson; Hayner, Rafael Thyere, Sabino e Chico; José Welison, Marcão Silva e Thiago Lopes (Tréllez); Gustavo Oliveira (Paulinho Moccelin), Mikael (André) e Everaldo.
Técnico: Umberto Louzer

CEARÁ: Richard; Fabinho, Messias, Gabriel Lacerda e Bruno Pacheco; Fernando Sobral, Pedro Naressi (Vina), Lima, Jorginho (Kelvyn) e Rick (Airton); Cléber (Wendson)
Técnico: Guto Ferreira

COMPARTILHE AGORA MESMO!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no skype
COMENTE AGORA MESMO!