CONTATO
EXPEDIENTE
Campeonato Pernambucano

Santa Cruz vence o Retrô, quebra sequência negativa e se classifica às quartas de final do Estadual

COMPARTILHE AGORA MESMO!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no skype
Fonte: Radio Jornal

O Santa Cruz, enfim, quebrou a sequência negativa de cinco jogos sem vitórias. Na noite desta quarta-feira (28), o Tricolor bateu o Retrô por 3×2, na Arena de Pernambuco, e garantiu vaga nas quartas de final do Campeonato Pernambucano com uma rodada de antecedência. Os gols da partida foram marcados por Elicarlos, Eduardo e Chiquinho marcaram para a Cobra Coral, enquanto que Kauê e Neilson fizeram para a Fênix.

Com a vitória, o Santa chegou aos 12 pontos, subiu para a quarta colocação e garantiu classificação às quartas de final do Estadual. O Tricolor do Arruda volta a campo no domingo (02/05) para encarar a equipe do Afogados, às 16h, no estádio Vianão, pela última rodada da primeira fase do Pernambucano.

O JOGO

Em um confronto direto valendo vaga no G-6 do Pernambucano, Retrô e Santa Cruz entraram em campo demonstrando muita cautela para não dar brecha ao adversário. Por mais que os dois times procurassem acelerar o jogo, trocando passes de forma acelerada, as jogadas ofensivas não eram concretizadas.

A Cobra Coral até chegou a balançar as redes com Pipico, aos dez minutos, mas a arbitragem anulou corretamente, marcando impedimento. Já a Fênix construiu uma boa jogada aos 18, quando Mayco Félix recebeu cruzamento da direita e, na tentativa de uma bicicleta, acabou não pegando em cheio na bola e finalizou sem perigo.

O Santa Cruz buscava levar perigo pelos lados do campo. Aos 27, Chiquinho foi acionado pela esquerda e cruzou rasteiro para Pipico finalizar, mas o goleiro Rodrigo espalmou à queima roupa… O zagueiro Baumer afastou parcialmente, mas, no rebote, Elicarlos acertou um chutaço de fora da área, no cantinho, sem chances para o goleiro do Retrô: 0x1.

Não demoraria para o Retrô dar uma resposta à altura. Aos 33, o lateral-direito Neilson recebeu passe e cruzou rasteiro… Kauê antecipou os marcadores do Santa e finalizou deslocando o goleiro Jordan: 1×1.

O duelo ficou agitado e a movimentação ofensiva aumentou consideravelmente. Aos 37, após cobrança de escanteio de Chiquinho, o goleiro Rodrigo saiu para afastar a bola com um soco… Mayco Félix puxou contra-ataque e entregou para Kauê na esquerda que, do meio de campo, inverteu a jogada com um lançamento perfeito para Neilson, que partiu livre em disparada pela direita. Ele dominou, entrou na área e finalizou com precisão para a virada do Retrô: 2×1.

A equipe coral não estava disposta a ir para o intervalo em desvantagem e conseguiu o empate nos minutos finais do primeiro tempo. Aos 42, o prata da casa Eduardo saiu arrastando a marcação pelo meio, fez boa tabela com Augusto César, passou pelos marcadores e finalizou com categoria, dando um tapa na bola no cantinho, sem chances para Rodrigo: 2×2.

Na volta para a segunda etapa, o Santa Cruz passou a adotar uma postura mais ofensiva, principalmente com a entrada do atacante Quiñonez, na vaga do meia Augusto César. Com a entrada do equatoriano, o tricolor ganhou mais velocidade pelos lados do campo, forçando o Retrô a abrir a marcação.

Aos 11 minutos, Chiquinho ganhou da marcação pela esquerda e cruzou a meia altura buscando Pipico, que acabou sendo deslocado pelo zagueiro André Baumer, pênalti. Na cobrança, aos 13, Chiquinho deslocou o goleiro Rodrigo e desempatou para o Santa: 2×3.

Mesmo depois das mexidas, o time do Retrô não conseguiu se encontrar ofensivamente no jogo e, com isso, não levava perigo a meta de Jordan. Bem postada em campo, a zaga tricolor não só se defendia bem, fechando os espaços, como também conseguia iniciar as contra-ofensivas. Aos 40, Caetano fez bom lançamento para o equatoriano Quiñonez, que ganhou na velocidade de Del’Amore, entrou na área e finalizou tentando tirar de Rodrigo, mas o goleiro do Retrô fez boa defesa com uma das mãos e evitou o gol.

As investidas na reta final de partida foram em vão e o placar permaneceu inalterado: 2×3 e Santa Cruz classificado às quartas de final do Pernambucano.

Ficha do jogo

RETRÔ

Rodrigo; Neilson, Del’Amore, André Baumer e Negueba (Edson); Romarinho, Gelson e Jaildon (Thiaguinho); Kauê (Fabiano), Janderson (Erikys) e Mayco Félix (Ruan Costa). Técnico: Nilson Corrêa.

SANTA CRUZ

Jordan; Italo Melo (Jadson), William Alves, Júnior Sergipano e Eduardo (Marcel); Derley (Italo Henrique), Elicarlos (Caetano) e Chiquinho; Augusto César (Quiñonez), Madson e Pipico. Técnico (auxiliar): Roberto de Jesus.

Local: Arena de Pernambuco, em São Lourenço da Mata (PE).
Árbitro: Bruno Arleu de Araújo (RJ).
Assistentes: Rodrigo Figueiredo Henrique Corrêa (RJ) e Fabrício Vilarinho da Silva (GO).
Gols: Elicarlos, aos 27; Kauê, aos 33; Neilson, aos 37; Eduardo, aos 42 do 1º tempo. Chiquinho, aos 13 do 2º tempo.
Cartões amarelos: André Baumer, Erikys, Gelson (RET) e Eduardo (STA).

COMPARTILHE AGORA MESMO!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no skype
LEIA TAMBÉM!!!