EXPEDIENTE
O presidente da CCJ, Davi Alcolumbre, disse que vai pautar as dez sabatinas de autoridades durante o esforço concentrado

Sabatina de Mendonça ocorrerá até 2 de dezembro no Senado

Fonte: Por Isabella Macedo e Kelly Almeida, do R7

Sem citar o nome de André Mendonça, o presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), confirmou nesta quarta-feira (24) que vai pautar as 10 sabatinas de autoridades durante a semana do esforço concentrado no Senado.

 

O bloco de autoridades inclui a indicação de Mendonça, ex-ministro da Advocacia Geral da União (AGU), para a vaga de Marco Aurélio Mello no STF (Supremo Tribunal Federal).

O esforço concentrado foi marcado pelo presidente da Casa, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), e ocorrerá entre 30 de novembro e 2 de dezembro. O nome mais relevante na lista de espera é o de André Mendonça.

O nome está parado na CCJ há quatro meses.

 

A demora do presidente da comissão em pautar a sabatina gerou críticas de Bolsonaro e de senadores governistas, que cobram uma definição por parte do presidente do colegiado.

“Quero me organizar e anunciar que vamos fazer a sabatina de todas as autoridades que estão aqui”, anunciou Alcolumbre nesta quarta.

 

Apesar de confirmar as sabatinas para a semana de esforço concentrado, prevista para ocorrer entre os dias 30 de novembro e 2 de dezembro, Alcolumbre não confirmou a data final para a realização.

Segundo Alcolumbre, oito senadores já pediram para relatar a indicação de Mendonça à vaga no STF.

COMPARTILHE AGORA MESMO!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no skype
COMENTE AGORA MESMO!