EXPEDIENTE
Apesar de vaga garantida para a final da Libertadores, crise no Palmeiras só aumenta

Red Bull goleia Palmeiras no Allianz Parque e aumenta crise no rival

Fonte: Gazeta Esportiva

Enfim de volta ao Allianz Parque, a torcida do Palmeiras ficou decepcionada na noite deste sábado.

 

No primeiro contato do português Abel Ferreira com o público na arena, o desfalcado time alviverde perdeu por 4 a 2 do Red Bull Bragantino, pelo Campeonato Brasileiro.

 

Com 39 pontos, o Palmeiras aparece na terceira colocação, cada vez mais longe de Atlético-MG (53) e Flamengo (42), que venceram seus respectivos compromissos.

 

Após findar série de seis jogos sem ganhar no torneio, o Red Bull Bragantino contabiliza 38 pontos e figura no quinto posto.

 

Pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Red Bull Bragantino volta a campo para enfrentar o Atlético-GO às 19 horas (de Brasília) desta terça-feira, no Estádio Nabi Abi Chedid. Às 21h30 do mesmo dia, o Palmeiras pega o ameaçado Bahia, na Fonte Nova.

(Foto: Divulgação/Cesar Greco)

(Foto: Divulgação/Cesar Greco)

O Jogo – Em cobrança de falta ensaiada, Dudu chegou a acertar a trave, mas foi o Red Bull Bragantino que abriu o placar.

 

Aos 12 minutos do primeiro tempo, de trás da intermediária, Aderlan lançou Ytalo nas costas da defesa palmeirense e viu o companheiro fuzilar o goleiro Jailson.

 

Aos 33 minutos, Praxedes desarmou Danilo Barbosa e tocou para Cuello, que bateu de fora da área.

 

A bola desviou em Danilo Barbosa e Jailson não conseguiu defender.

 

Dois minutos depois, Cuello cortou passe do improvisado Kuscevic e tocou para Ytalo servir Artur. O atacante limpou e definiu com categoria para marcar o terceiro.

 

O Palmeiras, desorganizado na defesa, enfim reagiu aos 42 minutos do primeiro tempo.

 

Após falhar no último gol adversário, Kuscevic recebeu de Wesley em jogada de ultrapassagem pela direita e cruzou para cabeçada certeira de Dudu. Nos acréscimos, Dudu cruzou da esquerda, Cleiton desviou e a bola tocou na trave.

Apoiado por sua torcida, o Palmeiras manteve a reação na etapa complementar e diminuiu aos 16 minutos do segundo tempo.

 

Em jogada pela direita, Cleiton defendeu finalização de Dudu e, no rebote, Jorge sofreu pênalti de Aderlan. Na cobrança, Raphael Veiga converteu.

 

Com a diferença mínima no placar, o Red Bull Bragantino conseguiu reequilibrar as ações no Allianz Parque e marcou o quarto aos 30 minutos do segundo tempo.

 

Ytalo recebeu de Helinho e ajeitou para o inspirado Artur acertar lindo chute colocado, da entrada da área.

 

Na tentativa de resposta do Palmeiras, Dudu cobrou escanteio da esquerda, Renan desviou de cabeça e a bola tocou no travessão.

 

Já atrapalhado por 10 desfalques, o técnico Abel Ferreira fez suas cinco alterações, o que não foi suficiente para mudar o placar.

 

FICHA TÉCNICA
PALMEIRAS 2 x 4 RED BULL BRAGANTINO

Local: Allianz Parque, em São Paulo (SP)
Data: 09 de outubro de 2021, sábado
Horário: 21h (de Brasília)
Árbitro: Rafael Traci (SC)
Assistentes: Bruno Boschilia (PR) e Johnny Barros de Oliveira (SC)
VAR: Rodrigo Dalonso Ferreira (SC)
Público: 8.864 torcedores
Cartões amarelos: Gabriel Veron e Abel Ferreira (PAL); Aderlan (RBB)
Gols:
PALMEIRAS: Dudu (42min do 1º Tempo) e Raphael Veiga (16min do 2º Tempo)
RED BULL BRAGANTINO: Ytalo (12min do 1º Tempo), Cuello (33min do 1º Tempo), Artur (35min do 1º Tempo e 30min do 2º Tempo)

PALMEIRAS: Jailson; Kuscevic (Breno Lopes), Luan, Renan e Jorge (Gustavo Scarpa); Patrick de Paula, Danilo Barbosa (Luiz Adriano), Raphael Veiga e Dudu; Wesley (Gabriel Veron) e Rony (Deyverson)
Técnico: Abel Ferreira

RED BULL BRAGANTINO: Cleiton; Aderlan (Léo Ortiz), Fabrício Bruno, Natan e Luan Cândido; Jadsom, Eric Ramires e Praxedes (Helinho); Artur, Cuello (Léo Realpe) e Ytalo (Gonzalo)
Técnico: Mauricio Barbieri

COMPARTILHE AGORA MESMO!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no skype
COMENTE AGORA MESMO!