EXPEDIENTE
Tricolor perdeu a primeira com Ceni no comando

Red Bull bate o São Paulo na primeira derrota após o retorno de Ceni

Fonte: Gazeta Esportiva

Chegou ao fim a invencibilidade de oito jogos sem derrota do São Paulo. Neste domingo, o Tricolor Paulista perdeu por 1 a 0 para o Red Bull Bragantino no Nabi Abi Chedid, pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro. O gol foi marcado pelo lateral Luan Cândido, na segunda etapa.

Com a derrota, o São Paulo segue na 13ª colocação, com 34 pontos. Já o Red Bull Bragantino se consolida na quinta colocação, com 46.

Essa foi a primeira derrota do São Paulo com Rogério Ceni nesse seu retorno. A equipe fez um primeiro tempo equilibrado, mas perdeu muitas chances. Na segunda etapa, o time foi muito superado pelo Red Bull Bragantino.

Na próxima rodada, o São Paulo receberá o Internacional no domingo (31), na Morumbi. O Red Bull Bragantino receberá o Sport na quinta-feira.

O JOGO

O primeiro tempo foi bem movimentado. A primeira chance de gol do jogo foi do Red Bull Bragantino, com Artur, que recebeu cruzamento e finalizou em cima de Tiago Volpi, que fez boa defesa. O São Paulo respondeu aos seis minutos, com finalização forte de Reinaldo nas mãos de Cleiton.

Aos 20 minutos, Pablo perdeu chance clara para o São Paulo. O atleta aproveitou uma bola sobrada na área e, sem goleiro, mandou por cima do gol.

Aos 26, Pedrinho fez Volpi trabalhar novamente, dessa vez com chute de média distância. Aos 37, foi a vez de Helinho assustar com cabeçada, que por pouco não encobriu o goleiro tricolor, que fez grande defesa.

Aos 46, o São Paulo voltou a assustar, dessa vez com Gabriel Sara. O meia recebeu na grande área e, com espaço, finalizou em cima de Volpi. Dois minutos depois, Sara finalizou da mesma região e acertou Luan Cândido, que salvou o Red Bull Bragantino de sofrer o gol.

SEGUNDO TEMPO

Aos 4 minutos, o Red Bull Bragantino chegou a abrir o placar com Luan Cândido, mas o lateral estava impedido em lance de bola parada.

No entanto, aos 11 minutos Luan Cândido conseguiu fazer seu gol, novamente em bola parada. Artur cobrou escanteio na cabeça do lateral, que deslocou completamente Volpi.

Aos 23, Jadsom teve boa chance, finalizando da entrada da área. Com a vantagem, o Red Bull Bragantino passou a apostar em jogadas de velocidade. Em lance assim, Cuello quase marcou, finalizando de média distância e acertando a trave.

Aos 30, enfim, o São Paulo assustou. Marquinhos arrancou em velocidade, driblou Léo Ortiz, mas bateu em cima do goleiro Cleiton.

O São Paulo ficou mais com a bola na reta final de partida, mas pouco assustou. A equipe não conseguiu ter o volume ofensivo da primeira etapa e viu o Red Bull Bragantino administrar a vantagem.

FICHA TÉCNICA
Red Bull BRAGANTINO 1 X 0 SÃO PAULO

Local: Nabi Abi Chedid , em Bragança Paulista (SP)
Data: 24 de outubro de 2021, domingo
Horário: 18h15 (de Brasília)
Árbitro: Felipe Fernandes de Lima (MG)
Assistentes: Guilherme Dias Camilo (MG-Fifa) e Fernanda Nândrea Gomes Antunes (MG-Fifa)
VAR: Igor Junio Benevenuto de Oliveira (MG)

Cartões amarelos: Helinho e Jadsom (Red Bull Bragantino)

Gols: Luan Cândido, aos 11 minutos do 2T.

Red Bull BRAGANTINO: Cleiton; Weverton (Edimar), Fabrício Bruno, Léo Ortiz e Luan Cândido; Eric Ramires (Luciano), Jadsom; Artur, Helinho (Gabriel Novaes), Pedrinho (Cuello); Hurtado (Alerrandro).
Técnico: Maurício Barbieri;

SÃO PAULO: Tiago Volpi; Orejuela (Igor Vinícius), Miranda, Arboleda e Reinaldo; Liziero (Eder), Igor Gomes, Nestor (Vitor Bueno) e Gabriel Sara; Luciano (Benítez) e Pablo (Marquinhos).
Técnico: Rogério Ceni.

COMPARTILHE AGORA MESMO!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no skype
COMENTE AGORA MESMO!