EXPEDIENTE
Atuação

Raphael Modesto quer regularização fundiária do Distrito da Cabeceira do Apa

Fonte: Assessoria

O presidente da Câmara Municipal, Raphael Modesto solicitou durante a sessão ordinária desta terça-feira, 29 de junho, ao prefeito, Hélio Peluffo Filho, e ao secretário municipal de Governo e Comunicação, Eduardo Campos, que seja efetuada a regularização fundiária do Distrito da Cabeceira do Apa.

De acordo com o vereador, “a presente solicitação, visa atender os moradores locais, que precisam com urgência da regularização dos lotes, de modo a garantir a função social da propriedade e o bem-estar da população. Promovendo assim, as condições dignas de ocupação e consolidação da área”.

Faculdades de Medicina

O vereador Raphael Modesto também solicitou ao prefeito, Hélio Peluffo Filho, e ao secretário municipal de Governo e Comunicação, Eduardo Campos, um Convênio Binacional com as Universidades de Medicina de Pedro Juan Caballero para realização de estágio e internato médico na Rede Municipal de Saúde, em Ponta Porã-MS.

“A atenção integral à saúde, e não somente aos cuidados assistenciais, passou a ser um direito de todos os brasileiros, desde a gestação e por toda a vida, com foco na saúde com qualidade de vida, visando a prevenção e a promoção da saúde. Neste sentido a Atenção Básica de Saúde é um dos grandes desafios de todos os gestores de saúde pública, uma vez que esta deva ser a porta de entrada ao Sistema Único de Saúde (SUS). A medicina ocupa papel central no processo de construção de um sistema de saúde que possa atender às necessidades da sociedade. No entanto, suprir a demanda de profissionais médicos têm sido, ao longo de anos, um dos maiores desafios na gestão da saúde pública a todos os entes federativos. Paralelamente a isto, devemos buscar implantar políticas públicas cujo objetivo seja o desenvolvimento profissional e incentivo estudantil e acadêmico. É sabido que nos últimos anos Ponta Porã tem vivido um fenômeno demográfico, que é a vinda de milhares de acadêmicos que cursam Medicina na cidade vizinha de Pedro Juan Caballero. A maioria absoluta de tais estudantes são brasileiros e uma alta porcentagem são moradores de nosso município. Faz parte do processo acadêmico do curso de medicina a realização de estágios e a última etapa da graduação em medicina é o internato médico que é a fase em que o estudante tem contato direto com o dia a dia da profissão. Com orientação do preceptor, o graduando pode atuar de forma mais ativa, ajudando na resolução de casos reais. O contato com os pacientes é fundamental para desenvolvimento do profissional, que consegue aprimorar a experiência para assumir a responsabilidade nas decisões quando receber o diploma médico. Assim, vimos indicar que o Governo Municipal celebre convênio com as Universidades de Medicina de Pedro Juan Caballero, cidade fronteiriça com nosso município, a fim de possibilitar novas frentes de estágios e internato aos acadêmicos de medicina, bem como contribuir de forma efetiva com a Rede Municipal de Saúde”, disse o presidente da Casa Legislativa em sua justificativa.

COMPARTILHE AGORA MESMO!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no skype
COMENTE AGORA MESMO!