EXPEDIENTE
Policial assassino

Policial que assassinou bioquímico no cinema terá que indenizar família da vítima

Fonte: Por Nathalia Pelzl da Top Mídia News

O juiz José Domingues Filho determinou que o policial miliar Djavan Batista dos Santos, 37 anos, pague pensão mensal para familiares do bioquímico Julio Cesar Cerveira Filho, morto por ele com disparo de arma de fogo efetuado dentro de uma sala de cinema com dezenas de crianças em Dourados na tarde do dia 8 de julho 2019.

 

Conforme divulgado pelo site Dourados News, o titular da 6ª Vara Cível da comarca deferiu em parte o requerimento autoral formulado em tutela de urgência e determinou que o assassino pague o pensionamento por morte no valor correspondente a 2/3 de R$ 3.094,88, conforme entendimento fixado pelo STJ (Superior Tribunal de Justiça).

 

O magistrado estabeleceu que o valor seja rateado entre as autoras na proporção de 50% para cada uma.

 

“No tocante a autora-filha, esse direito se manterá até completar 18 anos, ou 24 anos se estiver cursando universidade.

 

Encerrado para ela, o valor será acrescido ao da autora-viúva, que perceberá o valor até completar 75 anos”, pontuou.

COMPARTILHE AGORA MESMO!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no skype
COMENTE AGORA MESMO!