EXPEDIENTE
Ação ocorreu nesta quinta-feira (11)

Polícia estoura boca de fumo no Jardim Marambaia em Ponta Porã

Fonte: Assessoria

Durante uma ação policial ocorrida nesta quinta-feira (11), na região do Bairro São Rafael, um equipe do SIG após abordar conhecido usuário de drogas da em frente a um local objeto de várias denúncias de funcionamento de uma “boca de fumo”, avistou que um indivíduo saiu correndo, jogando algo para dentro do quintal.

 

De imediato, realizou-se abordagem do então suspeito para verificação da situação, realizando-se entrevistas preliminares com o abordados de forma separada.

 

O sujeito abordado fora da residência disse que era usuário de entorpecentes e que havia comprado duas pedras de CRACK pelo valor de R$ 10,00 (dez reais) e que havia usado uma nota de dez reais para realizar o pagamento.

 

Entrevistado o indivíduo que tentou fugir, diante das evidências, este confessou que vende drogas em sua residência e também mostrou onde guardava a droga que vendia.

 

Em buscas no imóvel, foi encontrada uma porção de crack jogada no quintal.

 

Conforme verificado pela equipe policial, a residência onde ocorreram os fatos exalava forte odor de éter, substância comumente usada no preparo de drogas em porções para venda. Localizaram-se no interior da residência, dentro do pote de açúcar, porções de cocaína e de crack.

 

O flagrado havia sido preso em flagrante por tráfico de drogas no dia 13/10 do corrente ano, tendo saído recentemente do sistema prisional.

 

Segundo o delegado titular do segundo distrito policial de Ponta Porã, Patrick Linares da Costa, a repressão ao tráfico de drogas realizado em bocas de fumo é de fundamental importância para a redução e elucidação de crimes patrimoniais na região, visto que muitos bens roubados e furtados costumam servir como moeda de troca por porções de drogas.

 

A autoridade policial salientou ainda a importância da colaboração da população com informações a respeito de suspeitos e atividades ilícitas, que são de suma importância para a atuação investigativa da polícia.

COMPARTILHE AGORA MESMO!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no skype
COMENTE AGORA MESMO!