EXPEDIENTE
Polícia retirou pneus que bloqueavam ruas da capital, porém a greve continua.

Polícia está nas ruas na tentativa de enfraquecer greve nacional na Bolívia

Fonte: Por Gesiane Sousa da Capital do Pantanal

Policiais começaram a tomar as ruas das principais cidades e estradas da Bolívia na tentativa de negociar uma flexibilidade na greve nacional, iniciada nesta segunda, 8 de novembro.

Mas até o momento, sem sucesso. O Comitê Cívico confirma que o Paro Nacional continua por tempo indefinido, até que o governo ceda as reivindicações.

As cidades estão vazias e as pessoas têm aderido à greve. Mercados e empresas permanecem fechados, não há transporte público, a maioria da população não saiu para trabalhar e apenas alguns veículos em movimento podem ser vistos nas ruas.

Na Capital, Santa Cruz, a Polícia conseguiu retirar pneus e pedras que fechavam vias da cidade, o trânsito foi liberado em alguns pontos, porém, segundo informações do jornal El Deber, o Comitê já informou que os bloqueios serão recolocados.

Na estrada bioceânica, em Roboré, protestantes continuam acampados.

Durante o primeiro dia da greve, a passagem foi aberta para caminhões e carros por três vezes.

A polícia tentou negociar uma reabertura total, mas foi negada pelo presidente cívico, que decidiu manter o bloqueio sem pensar numa quarta abertura da pista.

O Paro Cívico Nacional foi convocado por setores sindicais e transportadores e teve inicio nesta segunda-feira, 8 de novembro, pedindo pela anulação de vários decretos de ordem financeira e também o controle de bens.

COMPARTILHE AGORA MESMO!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no skype
COMENTE AGORA MESMO!