EXPEDIENTE
Rapaz foi preso por homicídio, roubo, tráfico de drogas e também ameaça

‘Playboy’, morto com 6 tiros, tinha 75 passagens pela polícia desde 2010

Fonte: Por Thatiana Melo Do MIdiamax

Jackson Souza Duarte, de 28 anos, assassinado com seis tiros nesta quinta-feira (2), na Vila Nhanhá, em Campo Grande, tinha 75 passagens pela polícia, que iam desde ameaça, tráfico de drogas, roubo a homicídio. Ele foi perseguido por atiradores, que estavam em uma motocicleta de cor vermelha e um carro de cor branca.

As passagens de ‘Playboy’ começaram em 2010, sendo que, em 2017, assassinou Cristian Osmar Vasquez Fleitaz, no Jardim Los Angeles, com vários tiros. Na época, outro rapaz acabou ferido e socorrido para a Santa Casa. No local do assassinato, os policiais localizaram ao menos 10 munições.

Na época, foi levantada a hipótese do crime ter ocorrido em uma disputa de briga de facções criminosas, que envolvia o PCC (Primeiro Comando da Capital).

O assassinato

O assassinato aconteceu por volta das 17h50 desta quinta (2), quando Jackson desceu correndo a travessa da Boa Vizinhança com a rua Floriano Paulo Correa e tentou se abrigar em uma residência em construção. Um pedreiro que estava trabalhando no local viu a perseguição e a tentativa de ‘Playboy’ se esconder dos atiradores.

Ainda segundo informações passadas, a motocicleta que perseguia Jackson era pilotada por uma mulher que tinha como garupa o atirador. Outro veículo, um Fiesta, também participava da perseguição, mas não se sabe quantas pessoas estavam no interior do carro já que a película era escura.

Um carregador alongado de pistola foi encontrado próximo ao local da perseguição, além de projéteis de calibre 9 mm. ‘Playboy’ foi atingido por seis disparos. Ele estava sem documentos e foi reconhecido por familiares. Ainda não se sabe os motivos para o crime.

COMPARTILHE AGORA MESMO!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no skype
COMENTE AGORA MESMO!