PF abre inquérito para apurar suspeita de laranjas do PSL de MG ligados a ministro

Foto: Valter Campanato/Agência Brasil

Por Revista Fórum*

A Polícia Federal (PF) decidiu instaurar inquérito para investigar suspeitas de candidaturas de laranjas do PSL, partido de Jair Bolsonaro, em Minas Gerais. Um dos objetivos é apurar a responsabilidade de Marcelo Álvaro Antônio, ministro do Turismo. À época do episódio, ele era presidente da seção mineira do partido.

Quem comandará as investigações será a Polícia Federal de Minas Gerais. Até o momento, o caso vinha sendo investigado pelo Ministério Público do estado, que solicitou à PF auxílio na investigação.

Benefícios

O hoje ministro se elegeu deputado federal em 2018. A investigação pretende apurar se ele foi beneficiado com transferências para assessores de dinheiro do fundo eleitoral destinado a candidatas laranjas.

Álvaro Antônio tentou encaminhar a investigação para o âmbito do Supremo Tribunal Federal (STF), em função de ter foro privilegiado. Contudo, Luiz Fux, ministro do STF, negou a solicitação.

Facebook: Comente Aqui