EXPEDIENTE
Tragédia

Pelo menos 27 mortos em incêndio no hospital de Bagdá para pacientes COVID

Fonte: Por Reuters

Pelo menos 27 pessoas morreram e 46 ficaram feridas em um incêndio no sábado em um hospital no sudeste de Bagdá que foi equipado para abrigar pacientes com COVID-19, disseram fontes médicas em três hospitais próximos.

O incêndio no hospital Ibn Khatib, na área da Ponte Diyala, na capital iraquiana, ocorreu depois que um acidente causou a explosão de um tanque de oxigênio, disseram as fontes.

Muitas ambulâncias corriam para o hospital, transportando os feridos pelo incêndio, disse um fotógrafo da Reuters nas proximidades.

Pacientes não feridos no incidente também foram transferidos para fora do hospital, disseram fontes médicas.

O chefe da unidade de defesa civil iraquiana disse que o incêndio começou no andar designado para a unidade de terapia intensiva pulmonar e que 90 pessoas foram resgatadas do hospital, de 120, disse ele à agência de notícias estatal INA.

O Major General Kadhim Bohan acrescentou que o fogo foi apagado.

O sistema de saúde do Iraque, já arruinado por décadas de sanções, guerra e negligência, foi esticado durante a crise do coronavírus.

O número total de pessoas infectadas com COVID-19 no Iraque é 102.5288 incluindo 15.217 mortes, disse o ministério da saúde no sábado.

COMPARTILHE AGORA MESMO!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no skype
COMENTE AGORA MESMO!