Patriota, antigo PEN, oficializa Cabo Daciolo, ex-PSOL, como candidato a presidente

Cabo Daciolo é confirmado como candidato a presidente pelo Patriota nas eleições 2018 - Zeca Ribeiro/Câmara dos Deputados

Por Fernanda Cruz – Repórter da Agência Brasil*

 

A convenção nacional do Patriota oficializou neste sábado (4) a candidatura do deputado federal Benevenuto Daciolo Fonseca dos Santos, o Cabo Daciolo, à Presidência da República nas eleições de outubro. O evento ocorreu no município de Barrinha, interior de São Paulo. O candidato foi escolhido por unanimidade.

A candidata a vice escolhida foi Suelene Balduino Nascimento, do mesmo partido. Ela é pedagoga com 23 anos de experiência e atua na rede pública de ensino do Distrito Federal.

Daciolo defende mais investimentos em educação e segurança por considerar áreas essenciais para o crescimento do país.

 

Em discurso durante a convenção, Daciolo se posicionou contrário à legalização do aborto e à ideologia de gênero. “Digo sim à família tradicional brasileira, ao patriotismo, ao nacionalismo, ao civismo e ao compromisso com Deus”, disse o presidenciável.

O candidato garantiu que, se eleito, vai investir em educação, ciência, tecnologia e inovação. Ele criticou a redução de verbas para essas segmentos. “Estão tirando dinheiro [da educação]. O pouco que entra, ainda querem tirar”.

Perfil

Cabo Daciolo foi eleito deputado federal pelo Rio de Janeiro nas eleições de 2014. Antes, foi filiado ao PSOL, PTdoB e ao Avante.

Nascido em 1976, na cidade de Florianópolis, é casado com Cristiane Daciolo e pai de três filhos.

Bombeiro, ganhou notoriedade em 2011 por liderar a greve da categoria no Rio de Janeiro. Foi lançado como pré-candidato em 28 de março de 2018 pelo Patriota, antigo PEN.

Facebook: Comente Aqui