EXPEDIENTE
Partido de aluguel

Partido da Mulher Brasileira tem nome trocado para supostamente receber Bolsonaro

Fonte: Por Redação, Midiamax

Mantendo conversas com Jair Bolsonaro visando ser a próxima legenda do presidente, o Partido da Mulher Brasileira (PMB) alterou seu nome para Brasil 35 na manhã deste sábado (24). A mudança foi feita durante convenção nacional do partido, no Rio de Janeiro.

Segundo a presidente nacional, Sued Haidar, a mudança não teve influência da busca de Jair Bolsonaro por um novo partido. Ela diz que o diretório nacional vem pensando numa atualização desde 2017, dois anos depois da obtenção do registro definitivo.

Antes tendo as cores azul e branca, a logomarca do partido também passou por uma atualização, ganhando as cores verde e amarelo, muito usadas por Bolsonaro, e o slogan “Coragem para fazer”. O estatuto do PMB também foi alterado.

“Houve, sim, uma conversa com o presidente. E tem que existir diálogo. A gente continua conversando com todos os partidos. Vamos caminhando aí. O partido não tem que entrar numa bola dividida que não é nossa”, disse a presidente Sued confirmando o contato com o presidente.

Entretanto, ela negou que tenha fechado acordo para promover as mudanças. “Foi uma conversa muito tranquila, de discussão da questão das pautas necessárias, que foram várias, por exemplo, a questão da saúde, educação. E da possibilidade de o presidente vir (para o PMB) foi feita da forma que ele deve ter procurado conversas com outros partidos. Não foi só com a nossa equipe”, afirmou Haidar.

COMPARTILHE AGORA MESMO!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no skype
COMENTE AGORA MESMO!