O Brasil deixou a Copa, e o Corneteiro está de volta!

Conforme anunciado através da nossa última aparição antes da Copa, nossa corneta descansaria durante a participação brasileira no torneio que ocorre em solo russo para retornar mais vibrante e expressando uma análise sincera e opinativa sobre os fatos que nos cercam. Assim, estamos de volta!

 

Símbolo da CBF é símbolo nacional?

A tão amada camiseta da CBF, objeto de tanto orgulho outrora, tem sido utilizada de forma vergonhosa nos últimos anos, e não me refiro a nenhum 7 a 1, pois nenhum esporte é legitimo se não proporcionar vitórias e derrotas em relevante ocorrência.  Refiro-me àqueles que imaginam que a camisa da CBF é um símbolo nacional, mas a utilizam para representar apenas um grupo político brasileiro. De 2013 para cá esta tem sido símbolo do idiotismo e do ódio.

 

Verde e amarelo da Vergonha

Alguns que prestam este culto não deixaram de nos envergonhar durante o principal evento do esporte mais praticado no mundo, algumas figuras tiveram a audácia de deixar o território brasileiro para envergonhar nosso país expondo de forma indevida algumas mulheres que se quer entendiam o nosso idioma. A melhor definição destes, é que os mesmos não representam nossos 200 milhões. Estes representam no máximo, apenas um grupo que não supera 20% do país, infelizmente, percentual ainda alto, de idiotas e machistas que insistem em se intitular patriotas e esboçam toda sua bestialidade a cada movimento e atitude.

 

A Copa acabou, o Brasil de verdade, precisa de nós.

Se o sonho do hexa foi adiado, a luta pela manutenção da democracia, da verdadeira justiça e de um Brasil melhor continuam e ela não ocorrerá se não nos comprometermos com o que é lícito, correto e justo.

 

O polêmico domingo

Confesso que tive que alterar nossa corneta para comentar as polêmicas desta data, que envolveram o brasileiro mais importante deste momento (senão de todos os tempos). O Brasil se surpreendeu com a decisão do TRF-4, de soltar Lula, há quem como o corneteiro espera por isso como um relance de justiça e de esperança para a nação, há também quem ache o fato, uma demonstração do partidarismo político que envolve o nosso sujo poder judiciário. Infelizmente a decisão foi revogada antes mesmo de ser cumprida.

 

 

Justiça Parcial

Há a possibilidade de se pertencer ao primeiro grupo, e confirmar o grito daqueles que pertencem ao segundo. Se por um lado, alguns lembraram que o autor da decisão de soltura fora outrora filiado ao partido que defende um Brasil com mais justiça social e isso poderia ter afetado sua decisão, a mesma, apesar de possivelmente ser considerada imoral,  fora uma  decisão lícita, já a postura do juiz de primeira instância que estando de férias em Portugal, se apressou a se pronunciar incentivando a prevaricação e  ordenando que não se cumprisse uma decisão judicial de uma autoridade superior, torna clara a perseguição política e a parcialidade do mesmo, contra o réu e todos os seus aliados.

 

inJustiça Brasileira, mais um símbolo de vergonha nacional

Resumindo: está clara a partidarização (é pior do que politização) do poder judiciário e principalmente, a parcialidade de Sérgio Moro, este hoje deu mais uma demonstração de que não está preocupado com a justiça, nem com a moralidade, é apenas um ser em busca dos holofotes que descobriu que perseguindo os inimigos dos poderosos, pode ganhar aplausos dos falsos moralistas, a ele e a todos que agem como ele, esta corneta declara sem medo: “A Justiça tarda, mas não falha, se a humana não cumprir o seu dever, a divina agirá”.

 

E por aqui

Em Ponta Porã, as coisas não são muito diferentes, esta semana os professores de Ponta Porã conquistaram uma grande vitória, sete meses depois, parece que, o que é lei federal começará a ser cumprida pela administração municipal, que infelizmente não conseguiu ser competente suficientemente para cumprir sua promessa no tempo devido, mas devido a pressão popular, acabou cedendo e fazendo tardiamente o que era apenas sua obrigação, mas ainda não conseguiu dar uma resposta sobre como pagará os seis meses que estão faltando. Mais uma promessa foi feita, a de que sua equipe tentará ver como pode atenuar o prejuízo e renegociar o retroativo a partir do próximo semestre.

 

Outra vitória!

Outra vitória pouco comentada foi a garantia de que a eleição para gestores das Escolas Municipais ocorrerá, mais uma vez a administração municipal não conseguirá cumprir o que é assegurado em lei a mais de duas décadas no devido tempo, mas no semestre seguinte, provavelmente no primeiro semestre de 2019.

 

Vale Ressaltar

Vale ressaltar que o reajuste só ocorrerá este mês devido a excelente prontidão e eficiência que o Presidente da Câmara, Candinho Gabínio, que se dispôs a realizar uma sessão extraordinária para votar o que insisto, já deveria ter sido votado a sete meses atrás. Parabéns Cândido e assim espero à todos os vereadores que devem prontamente aprovar o reajuste.

 

Pra encerrar

Pra encerrar, vale pontuar a falta de transparência do executivo municipal, que em todos os departamentos proíbe a entrada de qualquer pessoa com equipamentos de gravação, câmeras ou celulares, se não há nada a esconder, porque todo esse medo? Há algo errado alcaide municipal? Se não há, e vossa excelência sabe o que diz e o que fala, comece demonstrar, o corneteiro não morde, não agride e apenas quer retratar os acontecimentos, respeite quem tenta traduzir com letras os fatos que ocorrem, ou ficará claro que se esconde algo, ou teme-se o que se diz, e se teme-se o que se diz, é porque não se sabe o que dizer. PT Saudações!

 

Bye Bye

Até a próxima. Que Deus nos abençoe!

Facebook: Comente Aqui