EXPEDIENTE
Atacante mandou recado afirmando que é ponta e não joga na "posição de Jo"

Na ponta, Roger Guedes marca três e volta a jogar bem pelo Corinthians

Fonte: Live Futebol BR

Em noite de Róger Guedes, o Corinthians garantiu sua segunda vitória no Brasileirão ao bater o Avaí por 3 a 0 neste sábado (16) com três gols do camisa 9 na Neo Química Arena.

 

Com o resultado, o Timão, que havia vencido com tranquilidade o Botafogo no Rio de Janeiro por 3 a 1 em sua estreia, somou mais três pontos, chegou aos seis e segue na parte de cima do campeonato.

Já o time catarinense conheceu sua primeira derrota. Na primeira rodada, o Avaí fez o dever de casa e bateu o América-MG por 1 a 0.

 

A partida deste sábado marcou também a estreia do lateral-direito português Rafael Ramos com a camisa 21 do time de Parque São Jorge.

 

O jogador foi bem, sobretudo ofensivamente, chegando com frequência e velocidade na lateral da área adversária.

 

Próximos jogos
O Corinthians volta a campo na próxima quarta-feira (20), quando encara a Portuguesa-RJ pela terceira fase da Copa do Brasil em Londrina (PR).

 

Pelo Brasileirão, o próximo compromisso será o dérbi contra o Palmeiras, no sábado (23), em Barueri, já que o Allianz Parque receberá uma série de shows na data e durante esta semana (nos dias 23 e 24, da turnê Amigos e, no dia 30, da banda de rock norte-americana Kiss).

 

Já o Avaí terá uma semana cheia para se preparar. O time catarinense só entra em campo no próximo domingo (24), quando recebe o Goiás na Ressacada.

 

O jogo

Atuando em casa, o Corinthians contou com o calor da torcida e um jogo de muita pressão para esquentar as coisas e amenizar os 16ºC na noite paulistana.

 

Com pressão na saída de bola do adversário e abusando das triangulações pelos lados de campo, o Timão teve a bola no pé (65% de posse) e construiu a vitória nos primeiros 45 minutos.

 

O primeiro gol saiu logo aos 9’. Du Queiroz pegou a bola na linha que divide o campo, viu espaço e avançou até invadir a área do Avaí.

 

Depois de nove toques do corintiano, Kevin tentou tirar, mas acabou rolando para Róger Guedes. Do gerente para o gol, o camisa 9 precisou de um toque para balançar a rede e abrir o placar: 1 a 0.

 

Atuando aberto pelo lado esquerdo, Róger Guedes parecia mesmo muito à vontade. Tanto que, aos 24’, voltou a marcar.

 

Desta vez, recebeu em profundidade de Piton e fez a jogada sozinho, invadindo a área, cortando para o meio e tirando um leve toque rasteiro no meio das pernas do zagueiro e no contrapé do goleiro, sem chances: 2 a 0.

 

As principais jogadas realmente saíam pelo lado esquerdo de ataque corintiano. Mas o estreante lateral Rafael Ramos queria roubar a cena.

 

Muito participativo, aos 31’ recebeu lindo passe de Renato Augusto, entrou na área e rolou para Maycon. O chute do volante passou perto, mas foi por cima.

O dono da festa

O Timão continuou dominando, mas quem chegou primeiro foi o Avaí. Aos 9’, Eduardo recebeu lançamento nas costas da zaga alvinegra, saiu na cara de Cássio e, sozinho, bateu fraco, facilitando a defesa do goleiro.

 

No lance seguinte, veio o castigo. E ele tinha nome e sobrenome: Róger Guedes. Piton foi até a linha de fundo e cruzou para trás; Giuliano desviou e Guedes, na pequena área, só completou para o fundo da rede: 1, 2, 3 vezes Róger Guedes.

 

O gol deu muito mais tranquilidade ao pouco ameaçado Corinthians.

 

Por isso mesmo, o técnico Vítor Pereira, que já havia sacado Renato Augusto no intervalo, mexeu por atacado: tirou Maycon e Júnior Moraes, colocando Roni e Willian. Com isso, Róger Guedes voltou a atuar mais centralizado.

 

A partir daí, o Corinthians só administrou o resultado. Mesmo com o Avaí buscando jogadas de velocidade, o Alvinegro ainda contou com a chuva que apertou depois dos 30 minutos para esfriar o jogo.

 

Só deu tempo para o último ato de Róger Guedes. Como “manda a cartilha”, Vítor Pereira tirou o camisa 9 pouco antes dos 40 minutos e viu o atacante receber o carinho da Fiel que, em pé, aplaudiu o dono da noite.

FICHA TÉCNICA
Corinthians 3 x 0 Avaí
Local: Neo Química Arena, em São Paulo
Data e hora: domingo (16/4), às 19h
Público e renda: 30.335 pagantes (30.497 no total) / R$ 2.058.127,30

Árbitro: Bruno Arleu de Araujo (RJ)
Auxiliares: Rodrigo Figueiredo Henrique Correa e Carlos Henrique Alves de Lima Filho (RJ)
VAR: Pablo Ramon Goncalves Pinheiro (RN)
Cartões amarelos: Bruno Silva (Avaí); Roni (Corinthians)

Gols: Róger Guedes aos 9’ e 24’/1ºT e aos 9’/2ºT (Corinthians)

CORINTHIANS: Cássio; Rafael Ramos, João Victor, Raúl Gustavo e Lucas Piton; Du Queiroz, Maycon (Roni, aos 15’/2ºT) e Renato Augusto (Giuliano, no intervalo); Adson (Mantuan, aos 28’/2ºT), Róger Guedes e Júnior Moraes (Willian, aos 15’/2ºT). Técnico: Vítor Pereira.

AVAÍ: Douglas; Kevin, Bressan, Arthur Chaves e Cortez; Raniele, Bruno Silva e Vinícius Leite (Eduardo, no intervalo); Morato (Dentinho, aos 28’/2ºT), Copete (Bissoli, no intervalo) e Muriqui (Marcinho, aos 15’/2ºT). Técnico: Eduardo Barroca.

COMPARTILHE AGORA MESMO!
COMENTE AGORA MESMO!