CONTATO
EXPEDIENTE
Eleições 2020 em Campo Grande

Na contramão das capitais, Campo Grande tem menos candidatos em 2020 que em 2016

COMPARTILHE AGORA MESMO!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no skype
Fonte: Por Renata Volpe, do Midiamax

As maiores capitais brasileiras tiveram aumento de 35% no número de candidatos que vão disputar as eleições deste ano, segundo levantamento do jornal O Globo. Porém, Campo Grande vai na contramão e após as convenções partidárias que encerraram na última quarta-feira (16), registra dois candidatos a menos em comparação com as eleições de 2016.

Foram efetivados 14 candidatos a prefeitos para 2020 – quatro anos atrás, foram 16 inscritos no pleito. Porém, muitos partidos como o PSDB por exemplo, deixou de lançar políticos para apoiar a reeleição do prefeito Marquinhos Trad (PSD).

Mas não foi só o ninho tucano que preferiu não ter candidato, o PTB, Rede Sustentabilidade e PSB também. O Republicanos lançou Wilton Acosta como pré-candidato, mas no dia da convenção desistiu da candidatura para apoiar Trad.

Mesma coisa aconteceu com o PCdoB, que tinha Mário Fonseca como pré-candidato, mas desistiu e anunciou apoio ao prefeito de Campo Grande.

Candidatos

Após as convenções partidárias, seguem efetivamente como candidatos, 14 políticos, sendo três deles deputados estaduais.

Márcio Fernandes do MDB com Juliana Zorzo a vice; Pedro Kemp do PT com Eloisa Castro a vice e João Henrique Catan candidato a prefeito com Jayme Magalhães vice, ambos do PL.

As candidaturas que também se concretizaram após as convenções, são as seguintes: Sérgio Harfouche do Avante; Marcelo Miglioli do Solidariedade; Esacheu Nascimento do PP; Dagoberto Nogueira do PDT; Guto Scarpanti do Novo; Cris Duarte do PSOL; Marcelo Bluma do PV; Paulo Matos do PSC; Loester Trutis do PSL; Sidineia Tobias do Podemos, além de Marquinhos disputando a reeleição.

Outras eleições

Segundo dados do Divulgacand, portal do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) que tem dados das eleições municipais desde 2004, o número de candidatos a prefeito foi maior apenas em 2016, depois da cassação de Alcides Bernal (PP) e de seu vice, Gilmar Olarte.

Quatro anos atrás, foram 16 candidatos na disputa que rendeu segundo turno com Rose Modesto (PSDB) e Trad.

Em 2012, Bernal disputou com outros 6 candidatos, entre eles Edson Giroto (PSDB), rendendo segundo turno também, com o progressista sendo eleito.

Já em 2006 e 2004, apenas 5 candidatos disputaram a prefeitura e nas duas eleições, Nelsinho Trad venceu.

COMPARTILHE AGORA MESMO!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no skype
LEIA TAMBÉM!!!