EXPEDIENTE
Piloto é filho do heptacampeão da Fórmula 1 Michael Schumacher; informações são de que o competidor está bem

Mick Schumacher é internado após acidente e está fora do GP na Arábia Saudita

Fonte: Por Alan Baldwin da Reuters

Mick Schumacher foi levado ao hospital para exames de precaução neste sábado (26), depois de aparentemente ter escapado ileso de um grande acidente na qualificação para o GP da Arábia Saudita de Fórmula 1 em Jidá.

 

A equipe norte-americana Haas de Fórmula 1 disse que o alemão de 23 anos, filho do grande campeão da Ferrari e sete vezes campeão mundial Michael Schumacher, parecia estar fisicamente bem e conversou com sua mãe Corinna. Em seu perfil no Twitter, a escuderia informou que Schumacher não participará do GP no domingo (27).

Ele foi levado de ambulância para o centro médico do circuito depois de ser retirado do carro quebrado, que se partiu em dois quando colocado em um caminhão de recuperação e depois levado de helicóptero para o hospital das Forças Armadas King Fahad.

 

A FIA disse que a avaliação no centro médico não revelou ossos quebrados.

 

“Ele não tem ferimentos que você possa ver, eles só queriam checá-lo e fazer alguns exames para ver se não há danos com o impacto”, disse o chefe da equipe, Guenther Steiner, à televisão Sky Sports.

 

Os comentaristas estimaram que o carro estava viajando a 274 km/h no momento do impacto nas barreiras de concreto na saída da curva 10, espalhando detritos pelo asfalto.

 

O circuito de rua iluminado de Corniche é uma das pistas mais rápidas do calendário.

 

Pelos replays da televisão, parecia que Schumacher, que havia sido o nono mais rápido, perdeu o controle do carro no meio-fio, girando e batendo de lado na parede.

 

“Talvez ele tenha se esforçado um pouco demais”, disse Steiner. “Aqui, se você cometer um erro, não há escoamento. São muros.”

 

O acidente foi o segundo da sessão, com o piloto canadense da Williams, Nicholas Latifi, levantando bandeiras vermelhas na primeira fase.

 

Steiner colocou em dúvida a possibilidade de Schumacher participar da corrida.

 

“Precisamos ver depois dos exames como ele está, como está o carro e depois decidir o que faremos amanhã”, acrescentou o italiano.

 

“Em algum momento, talvez seja melhor não começar, mas ainda não sei, não quero antecipar que não começaremos.

 

“Estamos considerando tudo para amanhã. Temos que ver o carro, em que posição estamos com peças de reposição.

 

“O carro, não vai sobrar nada – tudo precisa voltar para ser verificado de qualquer maneira depois de um impacto como esse, então você precisa construir um carro completamente novo.”

COMPARTILHE AGORA MESMO!
COMENTE AGORA MESMO!