EXPEDIENTE
Categoria terá ainda 10,06% de reposição salarial, índice que será concedido a todos os servidores

Marquinhos propõe reajuste escalonado de 32,18% aos professores da capital

Fonte: Por Adriel Mattos do Campo Grande News

O prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad (PSD), ofereceu 32,18% de reajuste aos professores da Reme (Rede Municipal de Ensino). A categoria exige 33,24% de aumento, índice definido pelo governo federal.

 

Em entrevista à rádio Capital na manhã desta quinta-feira (24), o prefeito disse que o reajuste será escalonado. “Além dos 10,06% de reposição, os professores terão ganho de 11,06% em maio [de 2023] e 11,06% em outubro [também de 2023] ”, disse.

 

A reposição será dada a todos os servidores municipais ainda esse ano. O projeto de lei será enviado nos próximos dias à Câmara Municipal.

 

Marquinhos lembrou ainda que pode haver nova alteração se a inflação voltar a subir. “Se no ano que vem, a inflação ficar em 5%, pagaremos os 5% mais esse reajuste”, frisou. Além disso, ele relatou que a crise impede prefeituras pelo Brasil de fazer o mesmo.

 

“Não podemos tomar medidas de maneira leviana e irresponsável. Na crise, temos que tomar decisões técnicas. Não estamos discutindo merecimento [do reajuste], e sim, a possibilidade de pagamento. Muitas capitais do Brasil sequer podem dar. Em Três Lagoas, o parcelamento do reajuste vai até 2025 e o sindicato aceitou”, afirmou.

 

O reajuste de 33,24% foi autorizado pelo Ministério da Educação, mas cabe aos estados e municípios pagar esse aumento. Na Capital, o sindicato que representa a categoria chegou a realizar manifestações exigindo a íntegra desse percentual.

COMPARTILHE AGORA MESMO!
COMENTE AGORA MESMO!