EXPEDIENTE
Evento contou com participação do senador Nelsinho Trad e do presidente nacional do PSD, Gilberto Kassab

Marquinhos lança candidatura ao governo de MS e reafirma chapa com Ayache como vice

Fonte: Por Gabriel Maymone e Graziella Almeida do Midiamax

Em um discurso recheado de indiretas – características já da campanha eleitoral -, Marquinhos Trad (PSD) reafirmou que terá Ricardo Ayache (PSB) como seu vice na chapa.

 

O evento de lançamento da pré-candidatura ao governo do Estadoaconteceu na manhã deste sábado (5), em Campo Grande, e contou com a participação do senador Nelsinho Trad, do presidente nacional do PSD, Gilberto Kassab, e do líder do PSD na Câmara Federal, Antonio Brito (BA).

 

Mais cedo, o presidente municipal do PSB, vereador Carlão (PSB), afirmou que a sigla está “quase 100% fechada com Marquinhos” e que o vice, provavelmente, deve vir do PSB, sendo que o nome mais cotado é o de Ayache, presidente regional do partido.

 

No início de fevereiro, Marquinho chegou a confirmar a chapa com Ayache, mas o presidente regional do PSB emitiu nota afirmando que ainda estava analisando convites.

 

Várias vezes o prefeito de Campo Grande criticou o governo do Estado, dizendo que “as melhorias só estão sendo feitas faltando 8 meses para acabar o mandato, o que deveria ter sido feito em 8 anos”.

 

O presidente nacional do PSD, Gilberto Kassab, afirmou que o nome de Marquinhos foi escolhido por ‘apresentar bons índices’.

 

Em seu discurso, Trad reafirmou que todas as pesquisas apontam que sua candidatura “é necessária”, segundo ele.

 

Além disso, o candidato do PSD se colocou na posição de ‘independente’ e afirmou que os eleitores têm procurado candidatos que atendam critérios como “alguém ficha limpa e que harmonize, não sendo nem de direita e nem de esquerda”.

 

Quanto aos projetos para o Estado, Marquinhos disse que ainda está percorrendo os municípios para analisar a realidade de cada local.

 

Após o evento, Kassab reforçou que Marquinhos está com “candidatura forte” e que está “preparado” para a empreitada.

 

O presidente do PSD também avaliou a candidatura de forma positiva, uma vez que a legenda está atraindo várias novas filiações.

 

Os nomes anunciados durante o evento foi o do deputado estadual Felipe Orro, que tentará a reeleição, e do juiz Odilon, que busca uma vaga no Senado.

 

Por outro lado, essa semana, o partido contou com a notícia da desfiliação do deputado Londres Machado,que busca outra sigla para apoiar a candidatura de Eduardo Riedel.

COMPARTILHE AGORA MESMO!
COMENTE AGORA MESMO!