EXPEDIENTE
Robertson e Origi anotam os gol da equipe de Jürgen Klopp, que fica a um ponto do líder na tabela

Liverpool supera o Everton em casa e segue na cola do City no Campeonato Inglês

Fonte: Terra

A temporada de caça ao Manchester City segue aberta no Campeonato Inglês.

 

Neste domingo, em um jogo truncado e bastante catimbado, o Liverpool teve muita dificuldade para cumprir o favoritismo diante de seus torcedores, mas derrotou o Everton por 2 a 0.

 

Os dois gols da vitória saíram no segundo tempo. Robertson abriu a contagem e Origi fechou o placar. O resultado coloca o time de Jurgen Klopp a um ponto do líder restando cinco rodadas para o fim da competição.

 

O Liverpool soma 79 pontos e segue firme atrás do título. Situação inversa vive o Everton do brasileiro Richarlison.

 

Com apenas 29 pontos, a equipe ocupa o 18º lugar e luta para fugir da zona do rebaixamento.

Em um primeiro tempo marcado pela tensão, Liverpool e Everton apresentaram um confronto de poucas chances de gol e muita rivalidade.

 

Enquanto o time vermelho buscava a vitória para seguir na cola do Manchester City, o rival deste domingo entrou em campo pressionado pela má campanha e também preocupado em fugir das últimas colocações.

 

A melhor chance do Liverpool veio em arremate de Mane, que passou próximo ao travessão.

 

Mas o forte bloqueio do Everton, que tinha apenas Richarlison à frente, impediu os donos da casa fazer uma pressão mais contundente.

Com um primeiro tempo fraco tecnicamente, o técnico Jürgen Klopp resolveu mexer para tornar o Liverpool mais efetivo.

 

E as alterações surtiram efeito. Origi entrou na vaga de Mané e Luiz Diaz substituiu Keita e o volume de jogo no ataque cresceu sensivelmente.

 

O Everton teve até dois bons momentos. O primeiro foi num lance polêmico em que Gordon caiu em disputa na área contra o zagueiro Matip.

 

O juiz, no entanto, mandou o jogo seguir. Logo depois, o mesmo Gordon foi lançado pela esquerda e chutou cruzado assustando goleiro Alisson.

 

Mas quem acabou balançando a rede foi o Liverpool. Salah iniciou jogada pela direita, teve o auxílio de Origi, que fez o pivô, e cruzou na pequena área. Robertson apareceu livre e cravou 1 a 0 no jogo em bela cabeçada, aos 16min da etapa final.

 

A vantagem deu tranquilidade ao time do técnico Klopp, que passou a cadenciar o ritmo e trocar bolas em seu campo de ataque.

 

O Everton só voltaria assustar no final da partida. Robertson, autor do gol vitória, fez corte providencial na pequena área após cruzamento de Dele Alli.

 

Aos 39min, porém, o Liverpool definiu o confronto para alívio de sua torcida. Luis Dias acertou belo voleio após cruzamento da direita e o belo lance acabou sendo uma assistência na media para Origi cabecear, fazer 2 a 0 e fechar o placar.

COMPARTILHE AGORA MESMO!
COMENTE AGORA MESMO!