EXPEDIENTE
Bolsonaro em Ponta Porã

Líder News realizou cobertura completa da passagem de Bolsonaro por Ponta Porã

Fonte: Por Markon Machado

O Presidente Jair Bolsonaro esteve em Ponta Porã nesta quarta-feira (30) para inaugurar um radar de controle do Sistema de Controle do Espaço Aéreo Brasileiro.

A inauguração da obra é a terceira num conjunto de equipamentos que operam 24 horas por dia, 365 dias por ano, podendo ser conectado aos Centros de Controle da FAB (Força Aérea Brasileira) e custaram R$ 127 milhões aos cofres públicos e coloca a nossa região dentro de um moderno esquema de segurança vigia e controle do tráfego aéreo.

 

Com reportagem de campo de Jovilson Gimenes e comentários de Markon Machado, Hamilton Junior e Alípio Neto, o Líder News realizou a cobertura completa do evento ao vivo pelos seus canais no YouTube e Facebook:

 

 

 

Aglomeração:

 

Logo ao chegar, o Presidente Bolsonaro mostrou toda irresponsabilidade que tem mantido desde o início da pandemia, ao percorrer todo o percurso, desde o aeroporto, sem máscara, sem manter o distanciamento recomendável, abraçando e se aproximando de apoiadores e promovendo aglomerações.

 

Mais de cem apoiadores receberam o Presidente aos gritos de Mito, muitos destes apoiadores também estavam sem máscara e aglomeraram sem respeitar as medidas sanitárias recomendadas para conter a proliferação da COVID-19.

 

 

Manifestações:

 

Logo de manhã, panfletos demonstrando toda rejeição da população pontaporanense ao atual presidente puderam ser encontrados em todo o traeto que o Presidente percorreria. Vejam um exemplar do cartas apócrifo:

 

Líder News realizou cobertura completa da passagem de Bolsonaro por Ponta Porã

 

Apesar do panfleto, a população que não apoia o governo preferiu ficar em casa durante todo o evento, manifestando seu repúdio apenas através da internet.

Durante a transmissão do Líder News, muitas pessoas deixaram seu repúdio a gestão do presidente, principalmente com críticas em relação a forma como o Governo Federal deixa de enfrentar  a pandemia.

 

O governo federal enfrenta atualmente uma série de denúncias de corrupção envolvendo superfaturamento e denúncias de recebimento de propinas na compra de vacinas da COVID-19, e o Brasil é um dos países em que seus cidadãos mais morrem, ultrapassando o número de mais de meio milhão de mortes com COVID-19.

 

Assim, o percurso percorrido pelo presidente foi tomado apenas por apoiadores que tiveram permissão inclusive de ter acesso a área restrita onde ocorreu o evento para aplaudir Bolsonaro e aproveitaram para vaiar o governador Azambuja, que tem buscado medidas restritivas mais duras para tentar atenuar a proliiferação da COVID-19.

 

 

 

COMPARTILHE AGORA MESMO!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no skype
COMENTE AGORA MESMO!