Cruzeiro, River e Colo Colo avançam na Conmebol Libertadores; Corinthians e Flamengo vencem mas acabam eliminados

(Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)
20:45 Encerrado  Cruzeiro (Bra) 0 – 1 Flamengo (Bra)

Nos primeiros 90 minutos, o Cruzeiro foi amplamente superior, venceu o Flamengo por 2 a 0, em duelo no início do mês, no Maracanã. Na noite desta quarta-feira, no Mineirão, foi o reencontro entre as equipes pela competição. O Rubro-Negro até conseguiu o triunfo, venceu por 1 a 0, mas não foi o suficiente. Com isso, a Raposa segue na Copa Libertadores.

O Cruzeiro espera o vencedor de Boca Júnior ou Libertad. A partida decisiva será nesta quinta-feira. No primeiro jogo, o Boca venceu por 2 a 0, na Argentina.

8:30 Encerrado   River Plate (Arg) 3 – 0 Racing Club (Arg) 

No duelo argentino da noite, o River venceu o Racing pela primeira vez na história da Libertadores, e com superioridade. Em um jogo com três expulsões e bastante polêmica, o River fez 3 a 0, goleou o Racing e avançou para as  quartas de final da Conmebol Libertadores

 

20:45 Encerrado  Corinthians (Bra) 2 – 1 Colo Colo (Chi) 

O Corinthians voltou a enfrentar o seu fantasma de eliminação nas oitavas de final da Conmebol Libertadores. Após a derrota no primeiro jogo, sem marcar gols fora de casa, o timão começou massacrando o Colo Colo, mas sentiu a maldade do chileno Valdivia logo no começo do jogo, quando o ex-palmeirense deu dois “totós” em Pedro Henrique e tirou o zagueiro corintiano do jogo.

Logo depois, Pedrinho deu um voleio na área bloqueado pelo braço do chileno, e o juiz marcou pênalti. Jadson marcou e abriu o placar.

Após o gol o Corinthians cometeu seu tradicional erro de recuar e sofreu o empate chileno. O Corinthians ainda teria seu outro zagueiro lesionado após um lance com outro ex-rival. Sem reservas, Henrique se esforçou até o final e resistiu bravamente para defender o Corinthians.

No segundo tempo, Roger colocou o timão novamente na frente. Romero ainda marcou dois gols corretamente anulados. O timão insistiu, perdeu Fagner que saiu após sentir dores e ainda teve o lateral direito Danilo Avelar expulso erroneamente no principal erro da arbitragem no jogo.

Diante de tantas dificuldades e sem conseguir o terceiro gol, o timão deu adeus a Conmebol Libertadores e ao sonho de voltar a Copa do Mundo de Clubes e tentar igualar Barcelona e Real Madrid buscando o Tri-campeonato mundial antes de 2021.

 

Fonte: Resultados.com

Com trechos do Paraíba Online

 

Facebook: Comente Aqui