CONTATO
EXPEDIENTE
Juiz Imparcial

Lewandowski intima Vara do DF a entregar a Lula mensagens entre Moro e procuradores

COMPARTILHE AGORA MESMO!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no skype
Fonte: Por Lucas Rocha, da Revista Fórum

O ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF), enviou uma intimação à Vara Federal Criminal do Distrito Federal determinando que vara cumpra com a decisão que garante acesso à defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva às mensagens colhidas na Operação Spoofing, que apreendeu as conversas divulgadas pela série de reportagens da Vaza Jato.

“À vista da decisão juntada aos autos, prolatada pelo juiz federal Waldemar Cláudio de Carvalho, que respondia pelo plantão judiciário da 10ª Vara Federal Criminal da Seção Judiciária do Distrito Federal, e considerando que o oficial de justiça responsável por intimá-lo informou a cessação de seu plantão, determino sejam o novo plantonista e o juiz titular da referida Vara intimados das decisões proferidas por este relator, também mediante oficial de justiça, para o seu imediato cumprimento”, diz trecho da intimação.

O juiz Waldemar Cláudio de Carvalho, então responsável pelo plantão da 10ª Vara, se recusou a atender a decisão do STF. Essa postura fez com que a defesa do ex-presidente voltasse a acionar o Supremo, provocando já duas intimações.

Com a mudança do juiz plantonista, a expectativa é que os advogados consigam acesso aos materiais, que podem provar provar parcialidade do ex-juiz Sérgio Moro ao atuar em coordenação com o procurador Deltan Dallagnol durante a Operação Lava Jato.

Na decisão, de 29 de dezembro, Lewandowski destacou que perícia da Polícia Federal confirmou a autenticidade das gravações da Spoofing.

Com informações da ConJur e da CNN Brasil

COMPARTILHE AGORA MESMO!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no skype
LEIA TAMBÉM!!!