EXPEDIENTE
Além da candidatura de Rodrigo Pacheco não ter decolado, as articulações regionais do PSD também têm sofrido revezes

Kassab admite apoio do PSD a Lula já no primeiro turno

Fonte: Por Julinho Bittencourt Do Revista Forum

Após o aceno do presidente do PSD, Gilberto Kassab, ao projeto de Luiz Inácio Lula da Silva (PT), lideranças da legenda em ao menos nove estados têm se aproximado de palanques com o petista.

Kassab afirmou nesta quarta-feira (9) que não seria “impossível” apoiar Lula já no primeiro turno.

Além da candidatura do presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), não ter decolado, as articulações regionais do PSD também têm sofrido revezes.

Outros palanques

Em São Paulo, o ex-governador Geraldo Alckmin, cortejado pelo PSD, afastou-se da disputa ao preferir ser vice na chapa de Lula. Na Bahia, onde Kassab tentou emplacar Otto Alencar como candidato ao governo, o próprio senador frisou que disputará a reeleição e apoiará a chapa do PT no estado. No Rio e em Minas, o PSD ainda pode ter candidaturas próprias, mas em arranjos que tendem a abrir palanques para Lula e Ciro Gomes (PDT).

Apesar do prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil (PSD), despontar como palanque a Pacheco, alas da sigla defendem uma aliança com Lula para dar viabilidade à empreitada.

COMPARTILHE AGORA MESMO!
COMENTE AGORA MESMO!