EXPEDIENTE
Foi a primeira vitória do Saci na Copa Sul-Americana

Inter vence Independiente Medellin na Colômbia e segue 100% com Mano

Fonte: Agência Estado

O Internacional enfim desencantou na Copa Sul-Americana.

 

O time colorado quebrou a invencibilidade do Independiente Medellín de 10 partidas ao vencer por 1 a 0, na noite desta terça-feira, no estádio Hernán Ramírez Villegas, pela terceira rodada.

 

O único gol do duelo foi marcado por Alemão.

 

Com o resultado, o Internacional chegou aos cinco pontos, na liderança do Grupo E, seguido justamente pelo Independiente Medellín, com quatro. Guaireña tem dois, contra um do 9 de Outubro.

 

Os dois últimos se enfrentam nesta quarta, no Defensores del Chaco.

 

Com Mano Menezes, o Internacional mostrou novamente uma consistência defensiva que não aparecia com Medina.

 

Bem organizado, o time gaúcho deu pouco espaço para o adversário e foi preciso com uma aposta do treinador para largar na frente.

 

No entanto, o primeiro tempo foi equilibrado, com um leve domínio colorado. De cara, Daniel deu um susto ao largar uma bola, mas se recuperou para fazer a defesa.

 

Apesar de não correr muito risco, o Inter também demorou para ameaçar.

 

A primeira boa chance foi aos 27 minutos. Após bela troca de passe, Edenílson achou Gabriel livre de marcação.

 

O volante pegou fraco e mandou nas mãos de Mosquera, que voltou a brigar ao segurar outros dois arremates, de Edenílson e de Alemão.

 

Discreto em praticamente toda a primeira etapa, o Independiente teve a melhor chance aos 39 minutos.

 

Após falha de Bustos, Gómez apareceu na frente de Daniel. O goleiro fez um milagre para deixar o placar intacto.

 

No segundo tempo, o Internacional enfim fez 1 a 0. Aos oito minutos, Wanderson deixou com Rodrigo Dourado.

 

O volante mandou para Alemão, que dominou e chutou bonito para superar Mosquera.

 

O atacante marcou seu terceiro gol nos últimos três jogos da equipe gaúcha.

 

Depois de abrir o placar, o Internacional fechou a ‘casinha’, no melhor estilo Mano Menezes e começou a administrar a vantagem.

 

O time colombiano, então, subiu ao ataque, mas não contava com uma noite inspirada de Daniel. O goleiro fez uma grande defesa em um chute de Pons.

 

O jogo virou ataque contra defesa até o apito final. E os três pontos foram garantidos ao Internacional muito por Daniel. Ele salvou mais uma, no apagar das luzes. Desta vez, segurou a tentativa de Castrillon.

 

Na próxima rodada, o Independiente Medellin enfrenta o 9 de Outubro na terça-feira, às 21h30, no Jocay, em Manta, no Equador Na quinta-feira, às 19h15, o Internacional visita o Guaireña, no Defensores del Chaco, em Assunção, no Paraguai.

 

CAMPANHA PERFEITA

O Ceará permanece com 100% de aproveitamento na Copa Sul-Americana.

 

Com gols de Erick e Messias, bateu o General Caballero, fora de casa, e encaminhou a vaga para a próxima fase da competição. O duelo ocorreu nesta terça-feira, pela terceira rodada.

 

O time alvinegro, comandado por Dorival Júnior, chegou aos nove pontos, contra seis do Independiente, que bateu o La Guaira (um) por 2 a 0, também nesta terça-feira.

 

O General Caballero, em último, somou apenas um ponto até o momento.

 

FICHA TÉCNICA

INDEPENDIENTE MEDELLÍN 0 X 1 INTERNACIONAL

INDEPENDIENTE MEDELLÍN – Andrés Mosquera; Juan Mosquera (Arboleda), Víctor Moreno, Cadavid e Yulián Gómez; Javier Méndez, Loaiza (Edwar López), Arregui (Cambindo), Pineda e Vladimir Hernández (Castrillón); Pons. Técnico: Julio Comesaña.

INTERNACIONAL – Daniel; Bustos, Bruno Méndez, Vitão (Mercado) e Renê; Rodrigo Dourado, Gabriel (Liziero), Edenílson e Carlos de Pena; Wanderson (Maurício) e Alemão (David). Técnico: Mano Menezes.

GOL – Alemão, aos oito minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO – Nicolas Lamolina (ARG).

CARTÕES AMARELOS – Victor Moreno (Independiente Medellín); Vitão (Internacional).

RENDA E PÚBLICO – Não disponíveis.

LOCAL – Hernán Ramírez Villegas, em Pereira (COL).

COMPARTILHE AGORA MESMO!
COMENTE AGORA MESMO!