EXPEDIENTE
Campeão invicto do turno, o Humaitá garante vaga na final, na Copa do Brasil e Série D da próxima temporada

Humaitá faz o dever de casa, vence Vasco-AC e conquista 1º turno do Acreano

Fonte: GE
  • CAMPEÃO INÉDITO

    Com um gol marcado em cada tempo, o Humaitá venceu o Vasco-AC por 2 a 0, na noite desta quinta-feira (9), no estádio Florestão, em Rio Branco, pela nona e última rodada do primeiro turno do Campeonato Acreano e sagrou-se campeão do turno.

     

    Os gols da vitória do Tourão de Porto Acrea foram marcados pelo volante Marquinhos, aos quatro minutos da primeira etapa, e pelo atacante Aldair, aos cinco minutos do segundo tempo.

     

    É a primeira vez que o time de Porto Acre, que passou a disputar a elite estadual em 2017, conquista o primeiro turno.

  • CAMPANHA INVICTA

    O Humaitá chega ao título do turno de forma invicta. Foram seis vitórias e dois empates, 20 gols marcados e três sofridos em oito partidas.

  • CALENDÁRIO CHEIO EM 2022

    Com a conquista do turno o Tourão de Porto Acre vai jogar a Copa do Brasil e o Campeonato Brasileiro da Série D na próxima temporada. Será a primeira vez do clube nas duas competições nacionais.

  • VASCO-AC ELIMINADO

    O Vasco-AC começou a rodada com chances de chegar ao segundo turno, mas para isso precisa vencer o Humaitá.

     

    Com a derrota, encerra a participação no estadual em quinto lugar com 10 pontos, três vitórias, um empate e quatro derrotas, 13 gols marcados e 13 sofridos em oito jogos.

  • PRÓXIMOS COMPROMISSOS

    O Humaitá espera a divulgação da tabela do segundo turno do estadual para saber quando volta a campo. O Vasco-AC só volta a disputar jogos oficiais no Campeonato Acreano de 2022.

  • PRIMEIRO TEMPO

    As duas equipes entraram em campo precisando da vitória para conquistarem seus objetivos.

     

    O Humaitá de olho no título do turno e o Vasco-AC na última vaga no Top-4.

     

    E O Tourão de Porto Acre abriu o placar logo aos cinco minutos. O volante Marquinhos arriscou chute de fora da área, a bola desviou na defesa cruz-maltina e foi morrer no fundo da rede do goleiro Gabriel Eremith.

     

    O Vasco-AC tentava chegar ao empate, mas sentia falta de uma opção ofensiva que segurasse a bola no ataque e conseguisse finalizar com precisão para balançar a rede adversária. Nas melhores chances que criou acabou parando no goleiro Martins.

     

    E com a vantagem miníma o Humaitá foi para o intervalo.

  • SEGUNDO TEMPO

    Na etapa final o Vasco-AC também começou tentando pressionar no campo de ataque em busca do empate. Mas o Humaitá foi cirúrgico.

     

    Para frear qualquer reação e dar um banho de água fria nas pretensões do rival, o Tourão de Porto Acre marcou o segundo gol logo aos cinco minutos. Aldair aproveitou a sobra de bola na entrada da área a finalizou sem chances para Gabriel Eremith: 2 a 0.

     

    O Humaitá controlava a partida e tentava explorar os contra-ataques nos espaços deixados pelo Vasco-AC, que lutava com todas as forças para diminuir o prejuízo.

     

    Aos 14, Gabriel Eremith evitou o terceiro gol ao defender com o pé esquerdo a finalização de Aldair cara a cara.

     

    Aos 27, o atacante Alemão acertou um belo chute de longe e a bola explodiu no travessão de Martins.

     

    Quatro minutos depois o goleiro do Humaitá se atrapalhou ao sair numa bola cruzada em escanteio e por pouco o Vasco-AC não aproveitou, mas a defesa do Tourão de Porto Acre aliviou e tirou o perigo da área.

     

    Aos 42 e aos 47 minutos, Gabriel Eremith apareceu mais duas vezes para defender finalizações de Caetano e Aldair, evitando que o placar virasse goleada.

     

    E com 2 a 0 o jogo terminou para festa do Humaitá, campeão do turno, e tristeza do Vasco-AC, eliminado.

COMPARTILHE AGORA MESMO!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no skype
COMENTE AGORA MESMO!