EXPEDIENTE
Resultado da vacinação em massa

Hélio Peluffo flexibiliza restrições após vacinação em massa e queda nos números do covid-19 em Ponta Porã

Fonte: Assessoria

O Prefeito Hélio Peluffo flexibilizou as regras para o funcionamento do comércio em geral através do Decreto n.º 8.923/21, assinado nesta manhã durante entrevista coletiva.

 

Pelo novo texto, todos os decretos anteriores que estavam em vigor, estão revogados.

A partir de agora e, objetivando sobretudo estimular o reaquecimento da economia local, está permitido o funcionamento de tudo, até as 23:00 horas, desde que sejam respeitados a capacidade de lotação máxima de 50% dos estabelecimentos, uso de máscaras, higienização das mãos com álcool 70% e distanciamento mínimo de 1,5 metro entre pessoas e mesas.

O toque de recolher passa a ser das 23:00h às 05:00h.

Está proibido no entanto o uso e compartilhamento de cigarros eletrônicos e narguilés.

Estabelecimentos são responsáveis por providenciar e avisar os seus clientes sobre as regras e cabe à Vigilância Sanitária realizar a fiscalização e eventual punição dos estabelecimentos infratores.

O Vice-Prefeito e Secretário Municipal de Governo e Comunicação, Eduardo Campos, abriu a entrevista coletiva e destacou:

“Com os avanços conseguidos recentemente, vamos flexibilizar o funcionamento de diversos estabelecimentos como forma de alavancar a roda da economia. Dessa forma, buscamos que o comércio local se restabeleça gradativamente, porém, mantendo cuidados de biossegurança importantes para manter os números em queda”, finalizou.

“Foi muito difícil chegar até aqui, mas com o apoio do Governo do Estado de Mato Grosso do Sul, dos 17 Vereadores, da Imprensa, vamos flexibilizar. Mas, caso haja exagero, vamos seguir a recomendação do PROSSEGUIR e restringir novamente”, disse o Prefeito Hélio Peluffo.

Hélio Peluffo ainda apresentou números mais recentes de ocupação do Hospital Regional: “Estamos com metade de nossa capacidade de atendimento ocupada. Temos 20 pessoas internadas na UTI Covid, sendo 13 de Ponta Porã e 07 de fora.

Além disso, temos 11 pessoas internadas nos leitos Clínicos do Hospital Regional.

Os números, neste momento, jogam a nosso favor”, destacou.

O Prefeito ainda manifestou a sua preocupação com a variante “Delta”, que já está circulando no Brasil e é considerada mais grave.

“Precisamos manter os cuidados, pois a variante delta está no Brasil e é mais poderosa do que as outras. Se cada um fizer a sua parte, conseguiremos superar mais esta fase”, finalizou.

Ao final ele fez questão de agradecer a toda a Secretaria de Saúde, na pessoa do Secretário Municipal de Saúde, Patrick Derzi pelos esforços realizados para a realização da vacinação em massa realizada em Ponta Porã.

52Estima-se que ainda faltem ser vacinadas, pelos mais variados motivos, cerca de 20 mil pessoas em Ponta Porã.

COMPARTILHE AGORA MESMO!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no skype
COMENTE AGORA MESMO!