EXPEDIENTE
Tricolor, que já tinha vencido na ida, obteve novo triunfo na Arena e chegou ao topo do estado

Grêmio vence novamente e conquista o Gauchão

Fonte: Futebol Latino

Após eliminar o Internacional, seu maior rival, nas semifinais, o Grêmio não deu chances ao Ypiranga, adversário na decisão, e conquistou o título do Campeonato Gaúcho.

 

Após vencer o primeiro duelo fora de casa por 1 a 0, o time de Roger Machado foi embalado para o segundo confronto, conseguindo vencer o time de Erechim por 2 a 1, na Arena, fechando o agregado em 3 a 1.

 

É a 41º conquista estadual do Tricolor.

Motivado, o Tricolor agora vira seus olhos para dar o primeiro passo rumo ao acesso para a Série A do Brasileiro.

 

No próximo sábado (9), a equipe estreia na segunda divisão nacional contra a Ponte Preta, em Campinas, às 16h30. Já o Canário fará sua estreia na Série C, também no sábado, diante da Aparecidense, às 11h, em casa.

YPIRANGA E GRÊMIO BUSCAM O GOL NO INÍCIO

Os dois times se lançaram ao ataque logo no inicio da partida.

 

Até os dez minutos, o time visitante havia criado uma boa chance com o artilheiro Erick, enquanto os mandantes tentaram com Campaz, quase surpreendendo o goleiro Edson, que conseguiu se recuperar no lance fazendo bonita defesa.

Na sequência, o jogo continuou equilibrado. Até os 25, novamente os dois times tiveram boas oportunidades, assustando os goleiros que mantinham-se atentos.

TRICOLOR ABRE A CONTAGEM

O Grêmio foi crescendo na partida e insistia em jogadas pelo meio com Ferreira.

 

Mesmo não tendo sucesso, quando tudo parecia ficar no empate sem gols, aos 45 minutos Bruno Alves conseguiu marcar o primeiro no jogo, após cobrança de falte de Bitello, que acertou na trave, dando rebote para Rodrigues, de cabeça, mandar para o zagueiro completar para o fundo das redes.

 

Após checagem do VAR, o gol acabou sendo confirmado, dando a deixa para Vuaden mandar os dois times para os vestiários.

GRÊMIO AMPLIA

Mesmo com Luizinho Vieira apostando em uma mudança na volta para a última metade de jogo, o Imortal não diminuiu o ritmo.

 

Até os 15 minutos, apesar de não assustar tanto o gol de Edson, pressionava a saída de bola do rival na tentativa de recuperá-la para aumentar a vantagem.

Com o tempo passando, aos 29 minutos, encontrou mais um. Depois de cobrança de falta de Campaz, Edson conseguiu fazer bonita defesa na finalização de Villasanti, dando rebote para Rodrigues marcar o segundo.

 

Porém, flagrando impedimento no lance, o gol acabou sendo anulado momentaneamente, fazendo com que o VAR, momentos depois, confirmou a posição legal para festa do jogador.

ARTILHEIRO DESCONTA, MAS ERA TARDE

Com a desvantagem maior no marcador, o Canário ainda conseguiu ter forças para colocar fogo no jogo. Momentos depois, aos 34′, Erick chegou a fazer o primeiro do Ypiranga, dando uma certa euforia aos visitantes.

Já na reta final, com direito a algumas trocas, o Grêmio apenas manteve o resultado para festa dos jogadores com a torcida na Arena.

FICHA TÉCNICA
Grêmio 2 x 1 Ypiranga

Data e horário: 02/04/2022, às 16h30 (de Brasília)
​Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden
Assistentes: Rafael da Silva Alves e Tiago Augusto Kappes Diel
VAR: Adriano Milczvski (PR)

Cartões Amarelos: Ferreira, 39’/1ºT; Diego, 39’/1ºT; Lucas Falcão, 14’/2ºT; Rodrigo Carioca, 24’/2ºT

Gols: Bruno Alves, 45’/1ºT (1-0); Rodrigues, 32’/2ºT (2-0); Erick, 34’/2ºT (2-1)

GRÊMIO: Brenno; Rodrigues, Pedro Geromel, Bruno Alves e Diogo Barbosa; Villasanti, Lucas Silva (Thiago Santos, aos 50’/2ºT), Bitello (Benítez, aos 50’/2ºT), Campaz (Churín, aos 36’/2ºT) e Ferreira (Gabriel Silva, aos 40’/2ºT); Elias (Janderson, aos 36’/2ºT).
Técnico: Roger Machado

YPIRANGA: Edson; Gedeílson, Carlos Alexandre, Bruno Bispo e Diego; Lorran (Robson, aos 19’/1ºT; Gabriel Rossetto, aos 35’/2ºT)), Lucas Falcão, Marcelinho (Cesinha, no intervalo) e Matheus Santos (Jefferson, aos 35’/2ºT); Erick e Hugo Almeida (Rodrigo Carioca, aos 14’/2ºT).
Técnico: Luizinho Vieira

COMPARTILHE AGORA MESMO!
COMENTE AGORA MESMO!