EXPEDIENTE
Furacão bateu o Peñarol em Curitiba

Furacão supera o Peñarol e enfrenta Red Bull Bragantino na final da Copa Sul-Americana

Fonte: Gazeta Esportiva

A esperada final brasileira na Copa Sul-Americana foi confirmada nesta quinta-feira. O Athletico-PR derrotou o Peñarol novamente e venceu pelo placar de 2 a 0, na Arena da Baixada, garantindo a classificação para a finalíssima do torneio para brigar pelo seu segundo título da competição. O adversário na decisão será o Bragantino, que eliminou o Libertad na última quarta.

Precisando de pelo menos dois gols para ter chances de avançar, o Peñarol tomou a iniciativa nos primeiros minutos. Os uruguaios ficaram com o controle da posse de bola e pressionaram o Furacão para tentar marcar, mas desperdiçaram as oportunidades que construíram.

Aos poucos, o Athletico-PR foi saindo mais para o jogo e começou a chegar ao gol adversário nas transições em velocidade. Em uma delas, aos 23 minutos, Terans arrancou pelo meio e invadiu a área, porém não conseguiu finalizar e tocou atrás para Nikão. O meia ajeitou para a perna esquerda e bateu forte e rasteiro no cantinho para marcar para os brasileiros e deixar a classificação para a final ainda mais encaminhada.

Os aurinegros tentaram dar reposta aos 26 com Álvarez Martínez, que aproveitou uma falha do goleiro Santos para tocar de cabeça por cobertura no travessão. Dois minutos depois, Juan Ramos foi derrubado por Erick dentro da área e o juiz deu pênalti para o Peñarol. Ceppelini cobrou forte no meio do gol, mas Santos ficou parado no centro de sua meta e espalmou, impedindo o empate dos uruguaios e mantendo a vantagem dos paranaenses.

No segundo tempo, o Athletico-PR passou a ter o domínio da posse de bola para administrar o resultado. A equipe assumiu o controle do jogo e foi pouco ameaçada durante a etapa final.

Os brasileiros foram ao ataque aos 22 minutos e tiveram uma boa chance com Abner, que recebeu lançamento em profundidade de Pedro Rocha e avançou livre em direção gol. No entanto, o lateral não finalizou bem e acertou a rede pelo lado de fora.

O Furacão seguiu tentando construir chances para ampliar e chegou ao gol que confirmou a vitória aos 34 minutos. Nikão recebeu lançamento de Abner e tocou na esquerda para Pedro Rocha. O atacante driblou a marcação e finalizou forte de pé esquerdo para anotar o segundo e garantir a vaga do Athletico-PR na final da Sul-Americana.

FICHA TÉCNICA:
ATHLETICO-PR 2 X 0 PEÑAROL-URU

Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)
Data: 30 de setembro de 2021, quinta-feira
Horário: 21h30 (de Brasília)
Árbitro: Jesus Valenzuela (VEN)
Assistentes: Tulio Moreno (VEN) e Lubin Torrealba (VEN)
VAR: Mauro Vigliano (ARG)
Cartões amarelos: Zé Ivaldo (Athletico-PR); Juan Ramos, Canobbio e Álvarez Martínez (Peñarol)

GOLS: Nikão, aos 23′ do 1ºT, e Pedro Rocha, aos 34′ do 2ºT (Athletico-PR)

ATHLETICO-PR: Santos; Pedro Henrique, Thiago Heleno e Zé Ivaldo (Nicolas); Marcinho, Richard (Lucas Fasson), Erick (Léo Cittadini), Abner, Nikão e Terans (Pedro Rocha); Bissoli (Renato Kayzer)
Técnico: Paulo Autuori

PEÑAROL: Dawson; Giovanni González, Carlos Rodríguez, Kagelmahcer e Juan Ramos (Valentín Rodríguez); Trindade, Gargano e Cepellini (Ariel Nahuelpán); Canobbio (Alonso), Álvarez Martínez (Gaitán) e Facundo Torres (Laquintana)
Técnico: Mauricio Larriera

COMPARTILHE AGORA MESMO!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no skype
COMENTE AGORA MESMO!