EXPEDIENTE
Leão do Pici abre placar de pênalti com Pikachu após empate por 1 a 1 no confronto de ida; Rubro-negro tem penalidade anulada e briga até o fim em partida que tem apagão e confusão no Castelão

Fortaleza vence Sport em final dramática e é bicampeão da Copa do Nordeste

Fonte: GE
  • É campeão!

    O Fortaleza venceu o Sport, por 1 a 0, em um confronto dramático na Arena Castelão e conquistou o bicampeonato da Copa do Nordeste.

     

    O Leão do Pici garantiu a conquista – de forma invicta – com gol de Pikachu, de pênalti, aos 47 minutos do primeiro tempo.

     

    O Rubro-negro teve uma penalidade anulada, após checagem no VAR, e brigou até o fim. Mas não conseguiu mudar o resultado. Confronto teve apagão dos refletores e confusão na beira do campo.

     

  • …pela segunda vez!

    O Fortaleza chega ao segundo título da Copa do Nordeste, após conquistar a edição de 2019.

     

    Trata-se também da segunda taça do técnico Vojvoda pelo Leão do Pici. Antes disso, havia conquistado o Cearense do ano passado.

     

  • Próximos jogos

    O Fortaleza entra em campo novamente na quinta-feira, pela estreia do Tricolor do Pici na Libertadores, diante do Colo-Colo.

     

    O Sport, por sua vez, enfrenta o Salgueiro, na quarta-feira, pelas quarta de final do Pernambucano.

  • Pikachu! De pênalti

    Pikachu garantiu o placar por 1 a 0 para o Fortaleza. O lateral-direito assumiu a cobrança de pênalti, após falta de Rafael Thyere na área, e converteu o chute.

     

    O goleiro Mailson ainda saltou no lance, mas a bola passou por baixo dos braços do camisa 1.

    Aos 47 min do 1º tempo - Gol do Fortaleza. Yago Pikachu converte pênalti e abre o placar contra o Sport

    Aos 47 min do 1º tempo – Gol do Fortaleza. Yago Pikachu converte pênalti e abre o placar contra o Sport

  • Pênalti para o Sport marcado… e retirado

    O árbitro Marielson Alves Silva marcou pênalti para o Sport aos 23 minutos do segundo tempo, após dividida de Benevenuto com Sander.

     

    Pouco depois, no entanto, desceu para assistir o lance no VAR e retirou o pênalti. Marcou falta fora da área.

    Aos 28 min do 2º tempo - Pênalti retirado. Árbitro Marielson Alves Silva desiste do pênalti e marca falta perto da área.

    Aos 28 min do 2º tempo – Pênalti retirado. Árbitro Marielson Alves Silva desiste do pênalti e marca falta perto da área.

  • Apagão dos refletores

    O Sport pressionava em busca do empate quando as luzes apagaram no Castelão. Eram 44 minutos do segundo tempo e a partida só voltou aos 47, em clima dramático e debaixo de chuva.

    Apagão no Castelão! Cai a luz no estádio e torcedores acendem as lanternas dos celulares na arquibancada

    Apagão no Castelão! Cai a luz no estádio e torcedores acendem as lanternas dos celulares na arquibancada

  • Fez gol… e não valeu

    O Sport ainda balançou as redes aos 50 minutos do segundo tempo, com Ewerthon. Mas não estava valendo nada. O árbitro marcou falta de Javier Parraguez na disputa de bola aérea no lance anterior.

    Aoa 50 min do 2º tempo - Ewerthon marca para o Sport, mas árbitro marca falta no lance aéreo.

    Aoa 50 min do 2º tempo – Ewerthon marca para o Sport, mas árbitro marca falta no lance aéreo.

  • Terminou em confusão!

    Os minutos finais foram dramáticos no Castelão. Uma segunda bola foi jogada no campo – por uma pessoa não identificada – quando o Sport construía o contra-ataque. Por isso, o lance foi paralisado.

  • Primeiro tempo

    O Fortaleza começou superior na Arena Castelão, pressionando o Sport desde os primeiros minutos. Chegou com Moisés aos 10 e aos 14, depois com Hércules aos 18 e Moisés outra vez.

     

    O Leão da Ilha reagiu com um contra-ataque de Parraguez. O atacante caiu na dividida com Benevenuto e os jogadores pediram pênalti, mas o árbitro deixou seguir.

     

    As investidas continuaram, até que o Fortaleza levou a melhor. Thyere acertou o pé de Moisés, e o Tricolor ganhou um pênalti.

     

    Pikachu converteu o chute aos 47 e fez 1 a 0 para o Fortaleza. O primeiro tempo encerrou sem mudanças no placar.

  • Segundo tempo

    O Sport voltou determinado a mudar a história e partiu para cima do Fortaleza, que só controlava o jogo.

     

    Aos 23 minutos, no entanto, o árbitro marcou pênalti para o Leão da Ilha. Era tudo que os rubro-negros queriam. Mas não tiveram.

     

    O lance foi retirado após checagem no VAR. Não parou por aí. Robson, do Fortaleza foi expulso aos 35 por dar uma cotovelada em Thyere. 10 minutos depois, as luzes apagaram no Castelão.

     

    Em meio aos ares dramáticos, o Sport ainda conseguiu marcar com Ewerthon, aos 50, mas não estava valendo, porque o juiz marcou falta de Parraguez no lance anterior.

     

    O confronto terminou em uma confusão generalizada após uma segunda bola ser arremessada para dentro do campo. O Fortaleza venceu por 1 a 0, e conquistou o título do Nordestão.

COMPARTILHE AGORA MESMO!
COMENTE AGORA MESMO!