CONTATO
EXPEDIENTE
Libertadores

Flamengo goleia La Calera e se mantém na liderança do Grupo G da Libertadores

COMPARTILHE AGORA MESMO!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no skype
Fonte: Gazeta Esportiva

Flamengo goleou o Unión La Calera, do Chile, por 4 a 1 na noite desta terça-feira no Maracanã, no Rio de Janeiro, pela segunda rodada do Grupo G da Copa Libertadores. Com o resultado os brasileiros chegaram aos seis pontos e lideram 100% de aproveitamento. Os chilenos somam um ponto. Gabigol marcou duas vezes. Arrascaeta e Pedro também deixaram a sua marca. Sáez descontou.

Os flamenguistas têm dois pontos a mais que o segundo colocado, a LDU, que derrotou o Vélez Sarsfield no Equador. Os argentinos seguram a lanterna sem sequer terem conseguido pontuar.

O Flamengo começou o jogo tentando impor um ritmo alucinante. Logo no primeiro minuto Bruno Henrique arriscou chute de fora da área e o goleiro Alexis Arias chegou a soltar a bola, agarrando em dois tempos. Aos nove minutos foi a vez de Everton Ribeiro lançar Isla na direita da área. O lateral tocou para o meio e encontrou Diego, que bateu de primeira, mas para fora.

Aos poucos, o La Calera foi se acalmando e chegou a assustar aos 16 minutos. Valencia recebeu na área e tentou o chute, mas Bruno Viana salvou. Entretanto o Flamengo continuava mais presente no campo de ataque. Assim quase abriu o placar aos 25 minutos. Bruno Henrique acionou Gérson, que deu um chapéu em Oyanedel, mas chutou para fora.

De tanto insistir o Flamengo abriu o marcador aos 30 minutos. Gérson lançou Arrascaeta pela esquerda e ele cruzou na medida para o complemento de Gabigol. Três minutos depois o Flamengo já estava ganhando por 2 a 0. Gabigol lançou Bruno Henrique que acionou Arrascaeta. O uruguaio entrou na área e chutou sem chances para Arias.

Na volta para o segundo tempo o Flamengo tirou o pé e o jogo ficou sonolento. Com a entrada de Valdivia, ex-Palmeiras, no meio-de-campo e do perigoso atacante Saez o La Calera se tornou mais ofensivo e foi premiado com um gol aos 11 minutos. Sáez recebeu em profundidade no meio da defesa, invadiu a área e deslocou Diego Alves.

O gol foi a senha para o Flamengo voltar a pressionar. Aos 13 minutos Arias salvou o La Calera em cobrança de falta de Arrascaeta. Já aos 20 foi a vez de Everton Ribeiro fazer a bola raspar a trave em um chute.

Após desperdiçar algumas chances e levar sustos em contra-ataques o Flamengo ampliou aos 33 minutos. Após saída errada da defesa chilena, Bruno Henrique avançou e rolou para Gabigol chutar sem chances para o goleiro.

Mas o melhor estava por vir. Pedro marcou um golaço aos 40 minutos. Vitinho avançou em contra-ataque e acionou o atacante. Ele se livrou de dois e com um toque com nojo na bola encobriu o goleiro. Era a certeza de mais uma vitória.

 

As duas equipes voltam a campo pela Copa Libertadores na próxima terça-feira. O Flamengo visita a LDU no Equador às 21h30(de Brasília). Já o La Calera tenta se recuperar em casa, no Chile, contra o Vélez Sarsfield. Entretanto antes disso o Flamengo joga pelas semifinais do Campeonato Carioca. O Rubro-Negro mede forças com o Volta Redonda no Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda, no sábado, às 21h (de Brasília).

FICHA TÉCNICA
FLAMENGO-BRA 4 X 1 UNIÓN LA CALERA-CHI
Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: Terça-feira, 27 de abril de 2021
Hora: 19h15 (de Brasília)
Árbitro: José Argote (VEN)
Assistentes: Milciades Saldivar (PAR) e Luis Odieva (PAR)
Cartões amarelos: Vitinho (Flamengo) e Valencia (La Calera)
Gols:
FLAMENGO: Gabigol aos 30 e Arrascaeta aos 33 minutos do 1º Tempo e Gabigol aos 33 e Pedro aos 39 minutos do 2º Tempo
LA CALERA: Sáez aos 11 minutos do 2º Tempo

FLAMENGO: Diego Alves, Isla, Willian Arão (Léo Pereira), Bruno Viana e Filipe Luís; Diego Ribas (João Gomes), Gerson e Arrascaeta (Michael); Everton Ribeiro (Vitinho), Gabigol e Bruno Henrique (Pedro)
Técnico: Rogério Ceni

UNIÓN LA CALERA: Alexis Martín Arias, Simón Ramírez (Fernández), Christián Vilches, Santiago García e Yerco Oyanedel; Esteban Valencia (Ariel Martínez), Gonzalo Castellani (Liuzzi), Érick Wiemberg e Jeisson Vargas (Jorge Valdivia); Andrés Vilches e Matías Cavalleri (Sáez)
Técnico: Luca Marcogiuseppe

COMPARTILHE AGORA MESMO!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no skype
LEIA TAMBÉM!!!