FETEMS divulga nota de solidariedade a população e vítimas de tragedia em Escola Brasileira

Foi com profunda consternação, tristeza e indignação que nós da FETEMS (Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul) tomamos conhecimento de mais uma tragédia envolvendo a comunidade de uma unidade escolar, desta vez a Escola Estadual Raul Brasil, no Jardim Imperador, em Suzano, na Grande São Paulo, onde deixou ao menos 10 mortos: 7 crianças, 1 funcionário e 2 atiradores, que teriam se suicidado. Pelo menos 10 pessoas feridas foram levadas até os três hospitais mais próximos do local. 
O tiroteio aconteceu na manhã desta quarta-feira (13) por dois adolescentes encapuzados e armados entraram na escola por volta das 9h30min e dispararam contra crianças e funcionários. Em seguida, os atiradores teriam se locomovido até o Centro de Línguas da instituição de ensino e se suicidado em um corredor do local. Duas armas foram utilizadas no atentado: um revólver de calibre 38; e uma besta medieval com flechas.
A Escola Estadual Professor Raul Brasil foi fundada em 1958 e é considerada o primeiro grupo de ensino da cidade de Suzano, na região metropolitana de São Paulo. Localizada na Rua Otávio Miguel da Silva, 52, no bairro Parque Suzano, a instituição, segundo a Secretaria Estadual de Educação de São Paulo, oferece aulas de línguas estrangeiras, além do tradicional currículo do Ensino Fundamental e Ensino Médio. Segundo informações do Censo do Inep, de 2017, há 105 funcionários e 1.067 alunos.
Neste momento de dor, nos solidarizamos com todos aqueles que perderam seus entes queridos e prestamos nosso mais profundo pesar pelo ocorrido. Desejamos força e união para que o povo de Suzano-SP possam ver a justiça acontecer com a prisão dos envolvidos.

Facebook: Comente Aqui