EXPEDIENTE
Aglomeração criminosa

Festa com som alto, algazarra, embriaguez e aglomeração culmina com prisão de quatro pessoas

Fonte: Por Julio Augusto Justiniano de Oliveira da Assessoria de Comunicação do 4ºBPM/CPA 1 (PMMS)

O fato ocorreu no início da manhã deste domingo (11/07) quando Policiais Militares do 4º Batalhão de Polícia Militar em Ponta Porã foram acionados para atender uma ocorrência de perturbação do sossego alheio e fiscalização de medida sanitária, conforme decreto municipal em tempos de pandemia pelo COVID 19.

 

No local, os vizinhos informaram aos policiais que, na residência em questão, havia aglomeração de várias pessoas que ingeriam bebidas alcoólicas e faziam uso de equipamento de som em altura indesejável e algazarra desde a noite anterior.

Informaram, também, que solicitaram aos autores para que desligassem o equipamento de som antes de acionarem a Polícia Militar, no entanto, os autores jogaram latas de cerveja contra os vizinhos e disseram que não desligariam o equipamento de som.

 

Na residência, os policiais avistaram aproximadamente 20 indivíduos e diversas latas de cerveja espalhadas pelo quintal e, em contato com a proprietária da residência, uma jovem de 22 anos de idade, a qual se apresentou embriagada e alterada, disse aos policiais que não iria desligar o som e que continuaria com a festa, pois estava na casa dela.

 

Diante do fato, os Policiais informaram à jovem que iriam encaminhar a autora e o equipamento de som à delegacia, momento em que os indivíduos que participavam da festa se tornaram agressivos.

Os policiais deram ordem para que se afastassem para que pudessem realizar os procedimentos, no entanto, um dos autores empurrou um componente da equipe policial e disse: “Daqui vocês não vão levar ninguém!”.

 

Foi necessário, então, acionar as outras viaturas de plantão para dar apoio às ações policiais e, assim, foi possível conter os ânimos dos autores, no entanto, dois dos autores ainda desobedeceram à ordem legal de busca pessoal, resistindo à prisão sendo necessário o uso progressivo de força para encaminhá-los até a delegacia aonde foram entregues juntamente com as caixas de som utilizadas para cometer a contravenção penal de perturbação do sossego.

COMPARTILHE AGORA MESMO!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no skype
COMENTE AGORA MESMO!