Farid Afif propõe convenio com faculdades paraguaias para ajudar no atendimento das unidades de saúde de Ponta Porã

O vereador Farid Afif acredita que uma parceria envolvendo brasileiros e paraguaios poderá beneficiar bastante a população de Ponta Porã e Pedro Juan Caballero através da melhoria do atendimento no setor de saúde.

O parlamentar está propondo que as autoridades municipais, juntamente com os governos estadual e federal, no lado brasileiro e as autoridades paraguaias, se juntem para estudar a possibilidade de se fazer um convênio entre o Município de Ponta Porã e as faculdades de medicina estabelecidas em Pedro Juan Caballero, Paraguai. O objetivo do convênio será proporcionar aos estudantes de medicina fazerem o internato rotativo do último ano do curso, nas unidades de saúde e hospitais no lado brasileiro da fronteira.

A proposta, segundo ele, é envolver as autoridades brasileiras e paraguaias, bem como representantes dos órgãos que atuam junto aos cursos superiores de medicina, como os Conselhos Federal e Estadual, bem como os ministérios da Educação e Saúde, Mercosul, Parlamento Internacional Municipal – PARLIN e órgãos que regulam o exercício da Medicina no país vizinho,  na realização e um estudo que resulte no convênio legalizando a presença dos estudantes universitários nas unidades de saúde que atendem a população pontaporanense.

Um documento apresentado pelo vereador na sessão ordinária de 21 de agosto, na Câmara Municipal de Ponta Porã, propondo esta parceria binacional, foi encaminhado ao prefeito Hélio Peluffo Filho, ao secretário municipal de saúde, Patrick Derzi, e ao secretário estadual de saúde, Carlos Alberto Coimbra.

Na indicação, o vereador Farid Afif pediu explica que “apesar de serem instituições de ensino privado e internacional, com as Faculdades de Medicina do Paraguai poderemos desenvolver uma série de atividades em convênio com o Município para o atendimento à população em diversas especialidades. A parceria se dá através de convênios de cooperação técnica que levam estudantes de Medicina às unidades de saúde e hospitais do Município, onde eles poderão aplicar na prática, conhecimentos adquiridos em sala de aula”.

MERCOSUL

No entendimento do parlamentar, “o convênio com o Município proporcionará uma relação benéfica para os usuários dos dois lados da fronteira e também para os futuros médicos, visto que nosso Hospital Regional atende inúmeras emergências de cidadãos paraguaios, podendo fortalecer ainda mais nossas relações com o país vizinho, por sermos cidades fronteiriças”.

Farid Afif disse ainda que “acredita que a boa relação entre os dois países do Mercosul pode gerar resultados positivos para os dois lados da fronteira.  Um bom exemplo será a parceria neste estudo que poderá resultar na assinatura do convênio. Quem vai ganhar com isso serão os cidadãos fronteiriços que terão à disposição mais profissionais da área de saúde proporcionando melhor atendimento para todos”.

Facebook: Comente Aqui