EXPEDIENTE
O parlamentar integra a Frente Parlamentar e luta pela valorização da categoria

Fábio Trad defende reajuste salarial e aposentadoria de agentes comunitários

Fonte: Assessoria

 

O deputado federal Fábio Trad (PSD-MS) mais uma vez reforçou sua posição favorável aos agentes comunitários de saúde e de combate a endemias e disse que votará para derrubar o veto do Governo que impede o reajuste do piso salarial da categoria.

A proposta aprovada por deputados e senadores fixava a remuneração em R$ 1.250 a partir de 2019. Os agentes receberiam R$ 1.400 em 2020 e R$ 1.550 em 2021. A partir de 2022, o piso seria reajustado anualmente em percentual definido na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO). O piso atual é R$ 1.014,00.

De acordo com Trad, a tendência é que os parlamentares se posicionem favoravelmente à MP e derrubem o veto do governo. “A matéria já havia sido aprovada de forma unânime tanto no Congresso quanto no Senado, portanto cabe agora aos deputados e senadores ratificarem o voto”, disse o parlamentar, que integra a Frente Parlamentar em Defesa dos Agentes Comunitários de Saúde e de Combate a Endemias.

O deputado também defende a aprovação da PEC que garante aos agentes aposentadoria após 25 anos de trabalho na sua atividade, recebendo o mesmo valor do agente que estiver na ativa. A proposta estabelece a aposentadoria especial exclusiva e fixa a responsabilidade do gestor local do SUS pela regularidade do vínculo empregatício desses profissionais.

COMPARTILHE AGORA MESMO!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no skype
COMENTE AGORA MESMO!