Os Estados Unidos voltaram oficialmente a aderir o Acordo Climático de Paris, um dos compromissos do novo presidente do país, Joe Biden, segundo anúncio feito pelo secretário de Estado americano, Anthony Blinken.

“O Acordo de Paris é uma estrutura sem precedentes para a ação global. Sabemos disso porque ajudamos a projetá-lo e torná-lo realidade. Seu propósito é simples e amplo: ajudar a todos nós a evitar o aquecimento global catastrófico e construir resistência em todo o mundo aos impactos da mudança climática que já estamos vendo”, declarou o diplomata chefe dos EUA em comunicado.