CONTATO
EXPEDIENTE
Tufaker?

Em resposta ao Twitter, Trump anuncia “nossa própria plataforma em um futuro próximo”

COMPARTILHE AGORA MESMO!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no skype
Fonte: Por Plínio Teodoro, da Revista Fórum

Em resposta ao Twitter, que suspendeu definitivamente seu perfil oficial, Donald Trump anunciou, em comunicado dirigido a seus apoiadores na noite desta sexta-feira (8), que está negociando com outros sites e deve anunciar em breve “a nossa plataforma”.

“Eu previ que isso aconteceria. Temos negociado com vários outros sites e teremos um grande anúncio em breve, enquanto olhamos também para as possibilidades de construir nossa própria plataforma em um futuro próximo. Nós não seremos silenciados”, afirmou.

Para divulgar o comunicado, Trump tentou burlar a penalização do Twitter usando a conta oficial do governo dos EUA, @POTUS. No entanto, a rede detectou a manobra, deletou o comunicado e suspendeu o perfil na sequência.

“Usar outra conta para tentar escapar de uma suspensão é contra nossas regras”, disse o Twitter em um comunicado aos meios de comunicação. “Tomamos medidas para garantir isso em relação aos tweets recentes da conta @POTUS. Para contas governamentais, como @POTUS e @WhiteHouse, não suspenderemos essas contas permanentemente, mas tomaremos medidas para limitar seu uso”.

Esquerda radical
No comunicado, Trump afirmou que o Twitter promove a “esquerda-radical” e dá voz a “algumas das pessoas mais cruéis do mundo”.

“Twitter não é sobre liberdade de expressão. O objetivo é promover uma plataforma da Esquerda Radical, onde algumas das pessoas mais cruéis do mundo podem falar livremente. Fiquem ligados”, tuitou.

Trump anda condenou a ação da gigante de tecnologia, dizendo que o Twitter agiu de forma coordenado com democratas para remover sua conta.

“Como venho dizendo há muito tempo, o Twitter foi cada vez mais longe ao proibir a liberdade de expressão e, esta noite, os funcionários do Twitter se coordenaram com os democratas e a esquerda radical para remover minha conta de sua plataforma, para me silenciar – e você, os 75 milhões de grandes patriotas que votaram em mim”, tuitou.

Fã incondicional de Trump, Eduardo Bolsonaro comemorou nas redes sociais o anúncio feito pelo presidente dos EUA.

“Trump responde twitter e diz que fará grande anúncio em breve. Ele estuda também a possibilidade de criar sua própria plataforma de rede social”, tuitou o filho de Jair Bolsonaro.

COMPARTILHE AGORA MESMO!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no skype
LEIA TAMBÉM!!!