CONTATO
WHATS
EMAIL
SUGESTÃO
ANÚNCIE
EXPEDIENTE

Copa do Brasil

Em jogaço, São Paulo busca empate com Fortaleza pela Copa do Brasil

COMPARTILHE AGORA MESMO!
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on twitter
Share on skype

Fonte: Por R7

Que jogaço para abrir as oitavas de final da Copa do Brasil! Em um duelo com seis gols, expulsões, VAR e muita emoção até o lance final, Fortaleza e São Paulo empataram em 3 a 3 no duelo de ida, na noite desta quarta-feira (14), na capital cearense.

O Fortaleza ficou na frente do placar por três oportunidades, mas, já nos minutos finais, com dois jogadores a menos, cedeu o empate, e deixa tudo aberto para a partida da volta, no dia 25 de outubro, no Morumbi, quando conheceremos o primeiro time garantido nas quartas de final.

Antes disso, os dois times voltam a atuar no final de semana, mas dessa vez pelo Campeonato Brasileiro. Enquanto o São Paulo joga no sábado, contra o Grêmio, no Morumbi, o Fortaleza recebe o Palmeiras, no domingo, no Castelão.

Início eletrizante
Logo nos primeiros minutos, já ficou claro que as equipes fariam um jogo bastante diferente que fizeram recentemente pelo Brasileirão, quando o time paulista venceu por 1 a 0 em um duelo de pouquíssima emoção.

E aos 5 minutos, o primeiro gol. Após cobrança de escanteio, Paulão cabeceou firme e Tiago Volpi fez excelente defesa. No rebote, David não perdoou, colocando o Fortaleza na frente.

A desvantagem não desestabilizou o São Paulo, que não demorou a empatar. Aos 15, Gabriel Sara fez a jogada pela esquerda e tocou para Luciano. O atacante chutou mal, mas a bola sobrou com Brenner, que botou para dentro.

Golaço!

Mal deu para o time paulista comemorar a igualdade. 5 minutos mais tarde, o Fortaleza ficou mais uma vez na frente. Tinga carregou a bola e arriscou de longe, matando um belíssimo gol. Que jogaço no Castelão!

Tudo igual
Depois do 2 a 1 em 20 minutos, o duelo deu uma baixada de ritmo, com os dois times mostrando mais dificuldade de criar jogadas. Mas quando parecia que o Fortaleza iria para o intervalo em vantagem, o São Paulo chegou ao empate. Gabriel Sara conseguiu belo passe para Igor Vinícius, que cruzou na medida para Luciano. O camisa 11, de frente para o gol, não perdoou.

Expulsão, confusão e muita demora
Se o primeiro tempo começou de forma bastante intensa, o início do segundo foi bem mais confuso. Aos 7 minutos, Brenner saiu na cara do gol e foi derrubado por Felipe Alves. Falta e cartão amarelo para o goleiro.

Porém, após uma longa revisão no VAR, o árbitro decidiu trocar o cartão, mostrando o vermelho para o arqueiro do Fortaleza.

Fortaleza na frente mesmo com um a menos
Mas o São Paulo não soube aproveitar a vantagem de ter um jogador a mais em campo. E no lance seguinte, levou o terceiro. Juninho cruzou na medida e Gabriel Dias subiu bastante para marcar de cabeça.

Como se não bastasse isso, o quarto por muito pouco não saiu. Yuri César venceu disputa com Daniel Alves e bateu com estilo, mas a bola explodiu no travessão. Escapou o São Paulo!

Pressão, mais um expulso e empate!
O time visitante decidiu tentar de toda forma ao menos o empate no Ceará. E passou a criar uma série de chances. Aos 31, Tchê Tchê teve ótima oportunidade, mas bateu fraco.

A situação ficou ainda pior para o Fortaleza aos 42, quando Carlinhos foi expulso. E a pressão ficou mais intensa, com o São Paulo chegando ao empate já nos acréscimos, mais uma vez com Brenner.

Com se não bastasse, já aos 54 minutos, após bola na área, Juninho encostou a mão na bola e os jogadores do São Paulo pediram pênalti. Após revisar o lance no VAR, o árbitro não marcou. Emoção até o fim no Castelão!

FORTALEZA 3×3 SÃO PAULO

Local: Castelão, em Fortaleza (CE)
Data-Hora: 14/10/2020 – 19h15
Árbitro: Rodolpho Toski Marques (PR)
Assistentes: Bruno Boschilia (PR) e Sidmar dos Santos Meurer (PR)
Cartões amarelos: Felipe e Rogério Ceni (Fortaleza); Reinaldo (São Paulo)
Cartões vermelhos: Felipe Alves e Carlinhos (Fortaleza); Fernando Diniz (São Paulo)
Gols: David (5’/1ºT) (1-0); Brenner (15’/1ºT) (1-1); Tinga (20’/1ºT) (2-1); Luciano (43’/1ºT) (2-2); Gabriel Dias (19’/2ºT) (3-2); Brenner (aos, 49’/2ºT)
FORTALEZA (Técnico: Rogério Ceni): Felipe Alves; Tinga, Jackson (Roger Carvalho, aos 14’/2ºT), Paulão e Carlinhos; Felipe (Max Walef, aos 14’/2ºT), Juninho, Ronald, Gabriel Dias e Romarinho (Marlon, aos 30’/2ºT); David (Yuri César, aos 14’/2ºT).
SÃO PAULO (Técnico: Fernando Diniz): Tiago Volpi; Igor Vinicius (Tchê Tchê, aos 6’/2ºT), Diego Costa, Bruno Alves e Reinaldo; Luan (Pablo, aos 37’/2ºT), Gabriel Sara, Daniel Alves e Igor Gomes (Paulinho Bóia, aos 37’/2ºT); Brenner e Luciano.

COMPARTILHE AGORA MESMO!
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on twitter
Share on skype