EXPEDIENTE
Tráfico

Em espaço de lazer na fronteira de MS, traficantes escondiam maconha até no freezer

Fonte: Por Marcos Morandi, do Midiamax

Uma investigação de duas semanas da Defron (Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes de Fronteira) levou os agentes a descobrirem uma área de lazer em Ponta Porã onde os traficantes escondiam maconha na churrasqueira e até em freezer. Ao todo foram apreendidas 9,5 toneladas de maconha.

Apesar de o imóvel ser oferecido para a locação de temporada, em todos os contatos estabelecidos por interessados a eles era repassada a informação de que não havia disponibilidade de data. Contudo, as diligências demonstraram que há tempos o imóvel não era locado.

Segundo o delegado da Defron, Rodolfo Daltro, foi identificada movimentação de automóveis, inclusive caminhões, durante a madrugada no local. Ao ser confirmado que um carregamento de maconha se encontrava armazenado no imóvel, a polícia realizou incursão no local, deparando-se com grande quantidade de entorpecente armazenado.

Conforme o delegado, chamou a atenção o fato de que anexo à área de lazer havia sido edificado um galpão para abrigar caminhões de grande porte, os quais eram carregados com entorpecentes que eram enviados para vários estados.

Durante a operação, os policiais identificaram em uma lavanderia uma prensa hidráulica para formatar os “tijolos de maconha”, equipamento difícil de ser encontrado no Brasil. Apesar da grande quantidade de droga apreendida, até o momento nenhuma pessoa foi presa. “ No momento da ação policial não havia pessoas no imóvel, contudo, os proprietários e demais pessoas vinculadas à droga já foram identificadas”, explicou Daltro.

 

Em espaço de lazer na fronteira de MS, traficantes escondiam maconha até no freezer

COMPARTILHE AGORA MESMO!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no skype
COMENTE AGORA MESMO!