CONTATO
EXPEDIENTE
Coronavac

Eficácia da CoronaVac é de 50% a 90%, diz secretário de governo paulista

COMPARTILHE AGORA MESMO!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no skype
Fonte: Por Sabrina Valle da Reuters

 A CoronaVac, desenvolvida pela chinesa Sinovac Biotech, mostrou eficácia entre 50% e 90% em testes brasileiros, disse o secretário estadual de Saúde de São Paulo após o governo paulista adiar na quarta-feira, pela terceira vez, a publicação de dados sobre a vacina.

Os resultados dos testes são conhecidos exclusivamente pelo centro de pesquisas biomédicas do Instituto Butantan, que tem um acordo com a Sinovac para produção da vacina, disse o secretário de Saúde, Jean Gorinchteyn.

Os primeiros ensaios mostraram eficácia acima de 50%, o mínimo exigido pela Anvisa, e abaixo de 90%, disse Gorinchteyn em entrevista à rádio CBN transmitida na noite de quinta-feira.

Na quarta-feira, o Butantan recusou-se a especificar a taxa de eficácia de um teste com 13 mil voluntários, citando suas obrigações contratuais com a Sinovac, o que gerou dúvidas sobre transparência dos trabalhados com a vacina.

A CoronaVac mostrou 91,25% de eficácia na Turquia, de acordo com um anúncio na quinta-feira de dados provisórios de um teste em estágio final no país.

 

COMPARTILHE AGORA MESMO!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no skype
LEIA TAMBÉM!!!