EXPEDIENTE
Lista foi divulgada no Diário Oficial desta sexta-feira

Detran-MS divulga nessa sexta-feira, lista com nomes de selecionados para CNH MS Social

Fonte: Assessoria

O Diário Oficial do Estado trouxe na edição desta sexta-feira (6) a publicação da lista com os nomes dos cinco mil candidatos selecionados pelo programa CNH MS Social.

 

Os critérios utilizados para selecionar os futuros condutores foram maior idade, menor renda, maior número de integrantes da família e data e hora da inscrição.

 

O programa CNH MS Social vai oferecer acesso gratuito a primeira habilitação nas categorias, A, B e AB e o edital com as regras foi publicado no dia 30 de março encerrando em 6 de abril com 60 mil inscritos.

 

Após a publicação da lista, o candidato deverá aguardar convocação por Edital para apresentar-se na Agência do Detran-MS com documento de identificação original e cópia do mesmo para abertura do Processo RENACH e captura de imagem.

 

De acordo com a Diretora de Educação para o Trânsito, Elijane Coelho, a expectativa é que o aluno convocado dê início ao processo em no máximo três meses e esteja com a carteira em mãos em seis.

 

“Apesar do processo de habilitação ter 12 meses para ser concluído, o programa coloca prazos específicos que devem ser observados pelos beneficiados”, conclui.

 

Neste edital as vagas foram disponibilizadas por etapas e regiões de Mato Grosso do Sul nos próximos 12 meses, sendo 1.180 vagas para categoria A, 1.000 vagas para B, 2.570 vagas para categoria AB e 250 vagas para PcD.

 

As vagas foram separadas por município e região, sendo 1.650 para Campo Grande, 800 para Dourados e região, 300 para Naviraí e região, 300 para Três Lagoas e região, 300 para Ponta Porã e região, 250 para Paranaíba e região, 250 para municípios da região da Capital, 250 para Corumbá e Ladário, 250 para Nova Andradina e região, 250 para Aquidauana e região, 200 para Jardim e região e 200 para Coxim e região.

 

CNH MS Social

O programa “CNH MS Social” vai beneficiar cinco mil pessoas de famílias carentes por ano com o pagamento de todos os custos do processo de habilitação, desde os gastos com a autoescola, em relação as aulas práticas e teóricas, até o pagamento das taxas do Detran.

COMPARTILHE AGORA MESMO!
COMENTE AGORA MESMO!