Curso de Medicina de Ponta Porã será implantado pela Anhanguera

Futuro curso de medicina tem instituição selecionada para Ponta Porã (Foto Divulgação)

O curso de medicina em Ponta Porã, aprovado pelo Ministério de Educação, já tem definido a instituição mantenedora. Através da Portaria número 924, de 27 de dezembro de 2018 publicado no Diário Oficial da União, a Faculdades Anhanguera teve proposta selecionada e está autorizada a colocar em funcionamento o curso de medicina.

O edital traz ainda o Instituto Filadelfia de Londrina como a segunda selecionada. A partir de agora, começa a correr prazo para que a instituição selecionada apresente documentação exigida pelo Ministério da Educação, para a efetiva implantação do curso.

Corumbá e Ponta Porã estão entre os 28 municípios selecionados pelo Ministério da Educação (MEC) para implantar cursos de graduação em medicina. O termo de compromisso que formaliza a autorização foi assinado com os prefeitos e representantes das secretarias de saúde, em Brasília (DF).

O Ministério da Educação efetuou um levantamento com intuito de identificar quais municípios teriam condições de receber os novos cursos de medicina. A ampliação dos cursos preservará a qualidade da formação médica nacional.

O curso é implantado após longa luta principalmente jovens e estudantes que há anos lutam pela implantação de um curso de Medicina em Ponta Porã. Em 2011, a UPEr coletou milhares de assinaturas para implementação do Curso.

Ponta Porã sofre com a péssima qualidade da saúde evidenciada através de inúmeras reclamações da população sobre o HR, atualmente com uma gestão terceirizada. Há esperança de que com a implantação do curso a qualidade do sistema de saúde melhore na cidade com a possível criação de um Hospital Escola.

De acordo com a coordenação do projeto, os municípios selecionados passaram por uma seleção criteriosa em relação à capacidade de saúde. Foram avaliados equipamentos existentes no município, quantitativo de leitos no município.

Facebook: Comente Aqui