EXPEDIENTE
Empate sem gols

Corinthians volta a sofrer com setor ofensivo, mas empata com São Paulo e mantém rival na zona de rebaixamento

Fonte: Gazeta esportiva

O resultado manteve o tabu em Itaquera. Agora são 15 Majestosos sem vitória tricolor. Aliás, os visitantes seguem sem triunfar na competição.

Pelo lado alvinegro, o tabu foi o alento.

Apesar dos quatro jogos de invencibilidade, o Timão segue devendo vitórias em casa.

Na tabela
O Corinthians, agora, é o 10º colocado, com 10 pontos, enquanto o São Paulo ocupa a 17ª posição, dentro da zona de rebaixamento, com cinco pontos.

Resumo
Com estratégias semelhantes, ninguém conseguiu se sobressair no primeiro tempo.

Defensores vencendo atacantes, times bem posicionados e erros de passe em demasia deram o tom até o intervalo.

Quem chegou mais perto de marcar foi o Timão, em uma bola parada. Gil aproveitou cruzamento e testou na trave.

No rebote, Volpi ainda pegou chute de Mateus Vital.

Na etapa final, Benítez, que vinha bem, ficou em campo apenas por nove minutos.

A substituição surpreendeu muita gente.

Pouco tempo, Mosquito, a principal arma ofensiva alvinegra, mas que não estava bem no jogo, também saiu.

Marquinhos ganhou sua primeira oportunidade.

Mas, um chute de longe de Rodrigo Nestor, quase aos 30 minutos, que acabou bem defendido por Cássio, foi o primeiro lance um pouco mais perigoso.

E ficou nisso. Sem criatividade ofensiva, Corinthians e São Paulo não saíram do 0 a 0.

E agora?
O Corinthians volta a campo no sábado, quando enfrentará o Internacional, de novo na Neo Química Arena, às 21 horas.

O São Paulo vai receber o Red Bull Bragantino, domingo, às 18h15, no Morumbi.

FICHA TÉCNICA
CORINTHIANS 0 X 0 SÃO PAULO

Local: Neo Química Arena, em São Paulo (SP)
Data: 30 de junho de 2021, quarta-feira
Horário: 21h30 (de Brasília)
Arbitragem: Leandro Pedro Vuaden (RS)
Assistentes: Jorge Eduardo Bernardi (RS) e José Eduardo Calza (RS)
VAR: Adriano Milczvski (PR)
Cartões amarelos: Mateus Vital (Corinthians); Liziero (São Paulo)

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, João Victor, Gil e Fábio Santos; Gabriel (Roni), Cantillo e Vitinho; Gustavo Mosquito (Marquinhos), Mateus Vital (Xavier) e Jô.
Técnico: Sylvinho.

SÃO PAULO: Tiago Volpi; Bruno Alves, Miranda e Léo; Igor Vinícius, Luan, Liziero (Rodrigo Nestor), Daniel Alves e Reinaldo; Benítez (Rigoni) e Eder (Vitor Bueno).
Técnico: Juan Branda.

COMPARTILHE AGORA MESMO!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no skype
COMENTE AGORA MESMO!