EXPEDIENTE
Mesmo jogando abaixo do ideal, Timão recuperou a ponta

Corinthians vence Fortaleza e reassume a liderança do Brasileirão

Fonte: ESPN

O Corinthians se recuperou no Campeonato Brasileiro após a derrota no dérbi para o Palmeiras.

 

Neste domingo (1), na Neo Química Arena, o Timão recebeu o Fortaleza, pela 4ª rodada, venceu por 1 a 0, graças a gol contra de Matheus Jussa, no início do 2° tempo, e voltou provisoriamente à liderança da competição.

 

Com o resultado, a equipe alvinegra somou a sua terceira vitória nas quatro primeiras rodadas, enquanro o Leão do Pici ainda não sabe o que é triunfar no Brasileirão.

O primeiro tempo começou com um gol anulado para cada lado.

 

Aos 9 minutos, Willian cruzou pela direita em direção à área, Júnior Moraes escorregou, mas mesmo assim conseguiu mandar para o fundo das redes. O árbitro, porém, viu toque de mão do atacante e anulou.

 

Já aos 21 minutos, Yago Pikachu finalizou, Cássio defendeu, mas deu rebote. Silvio Romero aproveitou e mandou para o gol. A arbitragem marcou impedimento no lance e também anulou.

 

E mesmo jogando em casa, o Timão penou para criar chances de gol e teve só uma finalização, enquanto o Leão do Pici teve 11, sendo 4 delas em direção ao alvo.

 

O placar só foi aberto no segundo tempo, graças a um gol contra do Fortaleza aos 8 minutos.

 

Róger Guedes cobrou escanteio pela direita, a bola passou por todo mundo na área e, em uma infelicidade, Matheus Jussa desviou de cabeça e mandou contra a própria meta. 1 a 0 para o Corinthians.

 

Situação do campeonato

Com o resultado, o Corinthians somou a sua terceira vitória em quatro jogos no Brasileirão e voltou à liderança, com 9 pontos somados.

 

O Timão só deixa a ponta em caso de vitória do Santos, em clássico contra o São Paulo, nesta segunda-feira (5), que encerra a 4ª rodada.

 

Já o Fortaleza, segue com 0 pontos somados na competição e ocupa a lanterna. Vale lembrar que o Leão do Pici ainda tem um jogo a menos, contra o seu arquirrival, Ceará, pela 3ª rodada.

Foi bem: Willian

O camisa 10 do Corinthians não fez gols ou deu assistências, mas foi muito importante para a criada das jogadas do Timão.

 

Sobretudo no 2° tempo, quando o Corinthians abriu o placar e melhorou seu desempenho, o meia-atacante foi rápido e criou boas jogadas para a sua equipe.

 

Foi mal: Matheus Jussa

Em uma infelicidade, no início do segundo tempo, fez o gol contra que definiu mais uma derrota do Fortaleza no Brasileirão.

 

Até então, a equipe tricolor vinha dominando o Corinthians, mesmo na Neo Química Arena, e parecia mais perto de marcar do que os paulistas.

Que defesa foi essa?

Aos 21 minutos do 2° tempo, o goleiro do Fortaleza Max Walef roubou a cena com uma defesa milagrosa.

 

Após cobrança de escanteio de Maycon, Gil subiu mais alto do que a defesa do Fortaleza e cabeceou firme em direção ao gol.

 

O arqueiro, porém, conseguiu alcançar a bola, que ainda bateu na sua cabeça antes de ir para a linha de fundo.

Goleiro vai bem no lance e fecha o gol após cabeceio de Gil

 

Preocupação no Corinthians

 

Aos 24 minutos da primeira etapa, Paulinho levou a pior após disputa com Juninho Capixaba e caiu no chão de mau jeito.

 

Com dores no joelho esquerdo, o volante corintiano pediu substituição dois minutos depois, dando entrada a Du Queiroz.

 

Cássio também deu um susto na Neo Química Arena.

 

O goleiro se queixou de dores na coxa e precisou receber atendimento médico, porém, seguiu em campo normalmente.

 

Próximos jogos

Pela Conmebol Libertadores, o Corinthians volta a campo na quarta-feira (4), fora de casa contra o Deportivo Cali, na Colômbia, a partir das 21h.

 

Na quinta (5), a partir das 19h, é a vez do Fortaleza entrar em ação pela competição continental, em casa contra o River Plate.

Ficha técnica

Corinthians 1 x 0 Fortaleza

GOLS: Corinthians: Matheus Jussa (8′ 2°T GC)

CORINTHIANS: Cássio; Rafael Ramos, João Victor, Gil e Lucas Piton; Renato Augusto (Raul Gustavo), Paulinho e Maycon; Willian (Gustavo Mosquito), Júnior Moraes (Gustavo Mantuan) e Róger Guedes (Jô). Técnico: Vítor Pereira.

FORTALEZA: Max Walef; Tinga, Marcelo Benevenuto e Bryan Ceballos; Yago Pikachu (Depietri), Felipe (Lucas Lima), Matheus Jussa e Juninho Capixaba; Hércules (Matheus Vargas), Silvio Romero (Robson) e Moisés (Romarinho). Técnico: Juan Pablo Vojvoda.

COMPARTILHE AGORA MESMO!
COMENTE AGORA MESMO!