EXPEDIENTE

Corinthians repudia e dá novas informações sobre o caso de racismo no duelo com o Boca

O Corinthians emitiu uma nota oficial, na madrugada desta quarta-feira, para dar atualizações sobre o caso de racismo que aconteceu na partida contra o Boca Juniors, pela Libertadores, na Neo Química Arena.

 

Na ocasião, um torcedor do clube argentino foi flagrado imitando um macaco durante o intervalo do jogo.

 

O indivíduo foi detido e encaminhado ao Posto de Comando da Polícia Militar do estádio.

“Posteriormente, foi conduzido para o Departamento De Operações Estratégicas da Polícia Civil onde foi indiciado por injúria racial – artigo 140, parágrafo 3º do Código Penal”, informou o Timão.

No mesmo comunicado, o clube repudiou a atitude do torcedor: “O Corinthians repudia todo e qualquer ato de racismo e discriminação e agradece à Polícia Militar pela eficiência no apoio prestado. Esse fato só reforça a importância de nossa luta por um futebol sem ódio”.

 

Corinthians dominou o Boca

Dentro de campo, o Corinthians venceu o Boca por 2 a 0, com dois gols de Maycon. Com o resultado, o Alvinegro assumiu provisoriamente a liderança do grupo E, com seis pontos.

 

Agora, o Timão volta suas atenções para o Campeonato Brasileiro. Neste domingo, os comandados de Vítor Pereira encaram o Fortaleza, na Neo Química Arena, às 16 horas (de Brasília).

COMPARTILHE AGORA MESMO!
COMENTE AGORA MESMO!