Companhia de Arte Boa Nova vai apresentar peça teatral em Ponta Porã

Por Nivalcir Almeida*

 

Espetáculo “O que se leva da vida, é a vida que se leva”, será realizado no dia 20 de outubro no Centro Internacional de Convenções.

A peça teatral “O que se leva da vida, é a vida que se leva”, do grupo sul-mato-grossense Arte Boa Nova, será apresentada em Ponta Porã. O espetáculo está marcado para o dia 20 de outubro, no Centro Internacional de Convenções. Os ingressos já estão à venda.

Inspirada nas obras de Allan Kardec, a peça é uma concepção de texto de Nelson Peixoto com direção de Bruno Moser.

O Arte Boa Nova preparou para 2018 mais um grande espetáculo inspirado nas obras de Allan Kardec, agora numa linguagem totalmente jovem, dinâmica e atual onde o enredo aborda numa maneira leve, descontraída, clara e educativa temas importantes como preconceito, racismo, violência doméstica, drogas, bullying, sexualidade, melancolia e solidão, suicídio na juventude, gravidez indesejada e aborto, negligência aos valores e conceitos morais, dentre outros que envolvem o universo do jovem e da família nos dias atuais. Mais uma imperdível oportunidade para a família se reunir à mesa da arte, da cultura, da diversão e do aprendizado nobre brindando a vida e o amor de uma maneira inesquecível e única.

A companhia de Arte boa Nova que há 29 anos produz espetáculos teatrais para público adulto e infantil com finalidades filantrópicas e assistenciais além de fomentar o desenvolvimento e a prática da arte teatral na capital e em todo estado de Mato Grosso do Sul, é uma associação independente de artistas que tem como data de fundação o dia primeiro de julho de 1989, e  suas atividades são norteadas pela Lei  Nº  9.608 de 18/02/1998, que  trata  sobre  o trabalho voluntário  no  Brasil. Suas atividades são desenvolvidas em caráter ecumênico, voluntário, espontâneo e gratuito. Não possui finalidade lucrativa e a renda é revertida às associações filantrópicas e assistenciais que se associam ao evento.

 SINOPSE

            Esta é a sinopse da peça, divulgada no site da Companhia Arte Boa:

Surpreso, Júlio desperta numa nova realidade da vida após manobras perigosas com o carro

dos – “velhos”- seus pais! Onde estaria? Que região era aquela onde a predominância era de jovens e adolescentes?! – Profundamente admirado recebe as primeiras informações: “… Cada região astral, cidade, colônia, conforme queiram denominar, de maneira genérica estudam e aprofundam nas necessidades globais do espírito imortal, porém, buscam se aprimorar e especializar em determinada necessidade visando contribuir de maneira mais dinâmica e eficaz! Nesta região em que estamos agora, nossa especialidade é processar a adaptação da maioria dos jovens às frentes de trabalho espiritual que lhes sejam mais acessíveis no momento, visando no futuro, sua integração às funções mais complexas à medida que adquire a estabilidade e controle amplo de suas faculdades mental e emocional. Portanto, aqui é uma colônia de transição, mais ou menos semelhante ao que as empresas realizam com o jovem aprendiz…”. Sim, e ele teria muito que ainda aprender, principalmente quando tivesse a oportunidade de retornar em visita aos que continuavam nas experiências da vida física!

Serviço: A peça teatral será encenada na data de 20/10/2018 em Ponta Porã, no Centro Internacional de Convenções. Sessão às 19h30min. Informações: (67) 9-9975-1592 – 3431-8432.

Facebook: Comente Aqui